Black Friday Ubannet

06/05/2014 às 04h22m

Caixas eletrônicos de agência do INSS no Centro do Recife são arrombados

Dois homens armados entraram na agência do INSS, renderam os dois seguranças do espaço, bandidos utilizaram maçaricos na ação

Dois caixas eletrônicos do Banco do Brasil, situados no interior da agência administrativa do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) da Av. Mário Melo, no Centro do Recife, foram arrombados e tiveram os seus valores roubados por volta das 20h do último domingo (04). Até o momento não há pistas que apontem para os suspeitos de praticar o ato criminoso e nem informações sobre o valor roubado dos caixas e o tempo de duração da ação.

Segundo informações repassadas pela assessoria de comunicação do INSS, dois homens armados entraram na agência do INSS, renderam os dois seguranças do espaço, amarraram os agentes e, em seguida, os levaram para o subsolo do prédio. Depois, os criminosos se dirigiram até os caixas eletrônicos e, através do uso de maçaricos, arrombaram os caixas e roubaram todo o dinheiro que estava no interior das urnas eletrônicas.

Ainda de acordo com informações repassadas pelo setor de comunicação do INSS, os bandidos tomaram o cuidado de, logo após renderem os seguranças do edifício do INSS, virar as câmeras de segurança do salão principal do prédio para que não fossem filmados. No entanto, além dessas câmeras, o prédio dispõe de um circuito interno de filmagem e existem chances de que esse sistema tenha captado imagens dos bandidos.

O caso está sendo investigado pelo Departamento de Repressão aos Crimes Patrimoniais (Depatri) que, nesta tarde, deverá colher depoimentos dos dois seguranças do INSS que foram rendidos pelos bandidos na última noite.

Recebimento de benefícios

De acordo com o INSS, o posto do órgão que teve os seus caixas eletrônicos arrombados realiza apenas ações administrativas e não faz nenhum tipo de entrega de benefícios. Por isso, não há riscos de que aposentados e pensionistas fiquem sem receber seus valores.


Com informações da Folha PE

Comentários

Outras notícias