Black Friday Ubannet

05/05/2016 às 14h39m - Atualizado em 05/05/2016 às 15h06m

Prefeitura de Timbaúba e CDL organizam reunião com autoridades policiais para viabilizarem segurança pública

Edileuza Pedrosa, presidente da CDL, e o prefeito, Júnior Rodrigues, convidam toda sociedade timbaubense para uma reunião hoje (5), às 19h, na AABB. Na pauta a segurança pública do município.

Está marcado para esta quinta-feira (5), um importante encontro para discutir estratégias de combate à violência no município de Timbaúba. A reunião acontecerá na AABB, às 19h, e contará com a presença de representantes do Ministério Público, do Poder Judiciário, da Polícia Civil, do comandante do 2º Batalhão da Polícia Militar, Coronel PM Lamenha, e do comandante da 2ª CPM, Capitão Autair de Freitas Pereira, e outras autoridades da área de segurança pública. Entre os assuntos a serem abordados, o principal será os frequentes crimes contra o patrimônio nos comércios e as pessoas que tem deixado toda sociedade apavorada.

A Constituição Federal prevê em seu artigo 144 que a segurança pública é dever do Estado, direito e responsabilidade de todos, por esse motivo, o gestor timbaubense tem implementado diversas ações, além de cobrar insistentemente do Governo do Estado um melhor aparelhamento das policias e aumento no contingente no município.

Temos que unir forças para proteger e zelar por nossos amigos timbaubenses. Como prefeito nunca deixei Timbaúba abandonada e nem vou deixar. Vamos utilizar de todo poder necessário para deter essas ondas desagradáveis de violência”, disse Júnior Rodrigues.

A sociedade timbaubense já vem se movimentando há algum tempo e ações vem sendo feitas com frequência, promovendo encontros e reuniões para juntos acharem solução para estes problemas. Recentemente, a Loja Maçônica de Timbaúba reuniu diversas autoridades no dia 14 de abril, entre os convidados estavam o Coronel Lamenha, o chefe do Poder Executivo de Timbaúba e todos os membros do Legislativo do município. A reunião contou também com várias autoridades políticas de cidades vizinhas, a exemplo do prefeito de Macaparana, Paulo Barbosa – Paquinha (PMDB).

Segundo informou Luciano Lira, comerciante e membro da Maçonaria, a ideia é reunir uma comissão com diversos representantes da sociedade e ir até os órgãos competentes na capital do estado, SDS, Campo das Princesas e Alepe para pedir uma Delegacia Seccional em Timbaúba. Pois o município de Timbaúba tem uma grande extensão territorial e uma viatura ao se deslocar para a zona rural, distritos e bairros da periferia e após concluída a ocorrência ainda ter que se dirigir as cidades de Nazaré da Mata ou Goiana para as delegacias de plantão perdem muito tempo e deixam a cidade muitas vezes sem viatura e com poucos PMs para atender a população.

Ainda de acordo com Lira, uma delegacia regional na cidade beneficiaria também as cidades vizinhas, por isso ele convoca a todos para se unirem nesta causa.

Ministério Público, Poder Judiciário, Executivo e Legislativo de Timbaúba, OAB, CDL, Maçonaria, lideranças rurais e urbana, lideranças, religiosas, gestores de escolas, Conselho Tutelar, todos têm que se unir a esta causa nobre, pois está em jogo é o futuro de nossos amigos e parentes, é o nosso futuro.

A sociedade precisa, sim, estar envolvida. Aqui estão sendo discutidas ações emergenciais e a longo prazo e torcemos para que os resultados surjam o quanto antes. A iniciativa da Prefeitura em promover esta reunião é de extrema importância. A população também pode ajudar e muito, denunciando de forma anônima ações suspeitas.


Texto: Reginaldo A.Silva da equipe do Timbaúba Agora

Comentários

Outras notícias