Black Friday Ubannet

02/05/2014 às 10h44m

Sport vence Brasília por 3x1 no Mané Garrincha e elimina jogo de volta

Leão, mesmo com time reserva, derrotou o Brasília e avançou para 2ª fase sem necessidade do jogo na Ilha

Aos reservas do Sport, foi dada a missão de ir à Arena Mané Garrincha e vencer o Brasília por mais de dois gols de diferença para evitar o jogo de volta da primeira fase da Copa do Brasil. O mistão rubro-negro mostrou sua qualidade, envolveu completamente o adversário candango e mesmo perdendo várias chances, venceu por 3x1, nesta quinta-feira (1º/5), e se classificou para enfrentar o Paysandu – a primeira partida será no dia 15, no Mangueirão, com o duelo de volta marcado para o dia 24, na Ilha do Retiro.

O Leão dominou desde o primeiro minuto. Logo aos 5, Leonardo perdeu um gol cara a cara com o goleiro Artur. O atacante estava impedido, mas a arbitragem não viu. Já aos 6, Augusto aproveitou falha de Márcio Santos e também saiu na frente do arqueiro, só que chutou por cima. Leonardo voltaria a perder outro gol na área aos 29.

Aos 34, começaram a sair os tentos. André Nunes fez um pênalti bobo ao colocar a mão na área. Leonardo bateu e marcou o primeiro. Já aos 39, Augusto interceptou passe de Felipe Azevedo que iria para Leonardo, entrou na área e fuzilou a a meta de Artur no ângulo, ampliando o placar para 2x0.

Tirando umas chances com o atacante Claudecir e um quase gol-contra de Ewerton Páscoa, o Brasília quase não assustou. Na segunda etapa, o ritmo começou o mesmo. Aos 8 minutos Leonardo cruzou e Felipe Azevedo finalizou sem ângulo em cima do goleiro. Na sequência do escanteio, Wendel deu uma bomba da entrada da área para boa intervenção do arqueiro adversário.

Aos 14, a sorte do Brasília acabou. Ananias – que havia entrado há poucos minutos na vaga de Wendel – puxou contra-ataque pela esquerda tabelando com Augusto, invadiu a área e bateu de canhota para marcar o terceiro gol rubro-negro.

Depois daí o Sport seguiu dando o tom do jogo, mas perdeu duas chances claras com Leonardo. Guerreiro, o Brasília conseguiu um gol aos 34. Alequito desceu pela esquerda e cruzou voltando para Kaká diminuir para 3x1. Precisando de mais um gol para força o duelo de volta, o time da casa se jogou ao ataque, mas não conseguiu o objetivo. O máximo foi uma bola no travessão de Brayan, aos 41.

Para completar a má noite, o goleiro Artur e o lateral Fernando se desentenderam, com o ala sendo expulso por causa da confusão protagonizada dentro de campo.

Com informações do JC Online

Comentários

Outras notícias