Black Friday Ubannet

01/05/2014 às 04h17m - Atualizado em 03/05/2014 às 02h14m

Maviael Cavalcanti revelou os motivos pelos quais estava desistindo de disputar a reeleição

O deputado afirmou que pré-candidatos estaria pagando R$ 50 mil para conseguir apoio de vereadores no interior do Estado

Em discurso na tribuna da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) nesta quarta-feira (30), o deputado estadual Maviael Cavalcanti (DEM) revelou os motivos pelos quais estava desistindo de disputar a reeleição nas eleições deste ano. Um deles seria o assédio financeiro às lideranças políticas do interior do Estado.

Dando um dos exemplos, Maviael explicou que ficou sabendo por aliados que a esposa do prefeito de Ipojuca, Carlos Santana (PSDB), a primeira-dama Simone Santana, que é pré-candidata a deputada estadual, estaria oferecendo R$ 50 mil para conseguir o apoio de quatro ou cinco vereadores em São Vicente Férrer, no Agreste do Estado.

“Tem gente que está gastando um absurdo pra fazer campanha”, disse, no início da tarde. “Nunca fiz campanha assim. Sempre mostrei o meu trabalho”, afirmou ainda.

Maviael Cavalcanti foi eleito com 34.171 votos e é o único representante do Democratas no legislativo estadual. O democrata já ocupou um mandato de deputado federal e oito como deputado estadual.

As informações são do Blog de Jamildo Melo

Maviael Francisco de Morais Cavalcanti, eleito em 2010 com 34171 votos. Nasceu em 18 de outubro de 1936, no Engenho Macapá em Macaparana, estudou nos Colégios São José em Nazaré da Mata e Ginásio de Limoeiro em Limoeiro, tendo cursado o 2º grau no Colégio Salesiano em Recife. Filho de Antonio Francisco de Melo Cavalcanti e Olívia de Morais Andrade, casado com Maurícea Maria de Morais Cavalcanti, pai de Maria Antonieta, Maria Olívia, Silvana Maria, Nereida Maria e Maviael Francisco de Morais Cavalvanti Filho.

Serviu o Exército como Soldado, Cabo e Sargento de 07 de fevereiro / 1955 à 12 de junho / 1963, no 14º.RI; 2ª Cia. de Guardas; QG/IV Ex; QG da 7ª RM. E 7ª DI.

Formou-se em Odontologia pela Universidade Federal de Pernambuco colando grau em 1962. Cirurgião Dentista, exerceu a profissão por 8 anos no Município de Macaparana e São Vicente Ferrer . Bacharel em Direito, graduado no ano de 1975 pela Faculdade de Direito de Caruaru.

Como Líder Estudantil foi Representante de Turma por três vezes no curso de Odontologia; Presidente do Diretório Acadêmico de Odontologia em 1960; Secretário da União dos Estudantes do Estado de Pernambuco - UEP em 1960 e Representante da Faculdade de Odontologia junto à União Nacional dos Estudantes - UNE em 1961.

Na sua vida profissional ocupou os cargos de Professor e Diretor do Colégio Creuza de Freitas Cavalcanti no Município de Macaparana; Odontologista, Secretaria de Saúde de Pernambuco, 1964/1986; Procurador, DER/PE, 1986; Presidente do Instituto da Previdência dos Servidores do Estado de Pernambuco - extinto IPSEP atual IRH, no período de 1999 à 2000.

Sua trajetória política teve início na cidade de Macaparana pela qual foi Vereador pela Aliança Renovadora Nacional - ARENA, no período de 1964 e 1968; Vice-Prefeito de 1969 à 1972.

Como Deputado Estadual exerceu os mandatos de 1974/1978; 1978/1982; 1982/1986; 1986/1990; como Deputado Federal exerceu mandato de 1990/1994, ficando como Suplente de Deputado Estadual em 1999 e assumindo o mandato em 2000/ 2001; eleito novamente Deputado Estadual em 2002/ 2006 com 34.421 votos. Em 2006 foi reeleito com 44.228 votos.

Maviael Cavalcanti, filiado ao partido Democratas (DEM), tem ampla experiência política, exercendo hoje seu 7º mandato na Assembléia Legislativa, considera que sua missão na vida pública é promover em Pernambuco o Desenvolvimento Econômico e Justiça Social.

Para isso trabalha para reduzir as imensas desigualdades regionais de nosso Estado, atuando na área de Desenvolvimento Rural, Saneamento Básico, Educação, Saúde.

Comentários

Outras notícias