Black Friday Ubannet

27/04/2017 às 00h06m - Atualizado em 28/04/2017 às 03h20m

Presidente Temer exonera ministros pernambucanos para votarem pela reforma trabalhista

A exoneração temporária está ligada ao fato de os suplentes Severino Ninho (PSB), Creuza Pereira (PSB) e Guilherme Coelho (PSDB) serem contrários ao projeto de reforma trabalhista.

presidente_temer

Presidente Michel Temer exonerou nesta quarta-feira (26) os ministros da Educação, Mendonça Filho (DEM-PE), das Cidades, Bruno Araújo (PSDB-PE), e das Minas e Energia, Fernando Filho (PSB-PE). A saída dos cargos, porém, é temporária e eles deverão retornar logo após o término da votação do projeto de reforma trabalhista na Câmara Federal.

A exoneração temporária está ligada ao fato dos suplentes Severino Ninho (PSB-PE), Creuza Pereira (PSB-PE) e Guilherme Coelho (PSDB-PE) serem contrários ao projeto de reforma trabalhista.

Temer vem enfrentando resistências de partidos e parlamentares da base aliada que são contrários à reforma da maneira como foi apresentada. A votação da reforma trabalhista está sendo encarada pelo governo como uma espécie de prévia para a votação da reforma da Previdência.

Pernambuco 247

Comentários

Outras notícias