Black Friday Ubannet

24/04/2017 às 08h31m - Atualizado em 24/04/2017 às 08h37m

Com empate, Sport elimina o Náutico e vai a final com o Salgueiro

Alvirrubros saíram na frente com Giovanni, mas Matheus Ferraz garantiu a presença do Leão na decisão com o Salgueiro

campeonato_pernambucano
 
Um domingo como qualquer outro, exceto pela data indicando o dia 23 de abril, com a tarde reservada para um dos duelos mais tradicionais do Nordeste. Náutico e Sport voltaram a medir forças, dessa vez na Arena de Pernambuco. Em um jogo de fortes emoções nos minutos iniciais e finais, o Leão segurou o ímpeto alvirrubro para garantir presença na decisão do estadual. Placar final: 1x1.
 
Tão quente quanto as arquibancadas da Arena, que há tempo não via um público tão bom, foi o começo do duelo entre alvirrubros e rubro-negros. Erick não aguentou esperar nove minutos para costurar a marcação na entrada da área e chute forte, com desvio, para acertar a trave direita de Magrão. Haja levante dos torcedores Timbu. Se o resultado não ajudava, o Náutico apertava o Leão, em busca de um espaço, principalmente pelo lado de Mena, coincidentemente, por onde Erick aparecia com frequência. 

Para mostrar que não foi à Arena apenas empatar, o Sport respondeu em contra-ataque rápido que Mena jogou na área e André apareceu sozinho, mas cabeceou para fora. Aos 31, finalmente a pressão alvirrubra fez a diferença em escanteio fechado que Giovanni antecipou a defesa rubro-negra para abrir o placar; 1x0. 

Para surpresa geral, os rubro-negros precisaram de apenas cinco minutos para deixar tudo igual. Em falta cruzada na área, Matheus Ferraz cabeceou fora do alcance de Tiago Cardoso; 1x1. Foi o último lance de grande perigo do primeiro tempo que terminou como o jogo começou, com os visitantes levando vantagem.

Leão cozinha o jogo

Quando a bola voltou a rolar na Arena, o jogo já não estava mais tão agitado. Com Reinaldo Lenis em campo, na vaga de André, o Sport passou a ter mais posse de bola. O primeiro lance de perigo foi de Rogério, mas o chute passou por cima da barra. Pouco depois, em um erro de saída, o Leão deu uma chance para Giovanni responder, em finalização melhor, mas também para fora.

Os minutos seguintes foram de destaque para os goleiros. Primeiro em boa jogada de Erick que tentou colocar no canto, mas parou em Magrão. Na sequência, a bola se ofereceu para Rogério, mano a mano com Tiago. Porém, a tentativa de vencer o arqueiro por baixo foi insuficiente.

Se o tempo passava, melhor para o Leão. Por isso, muita troca de passes e marcação forte, o objetivo estava claro: gastar o adversário e o cronômetro, esperando por uma bola certa. Do lado alvirrubro, o cansaço era aparente. Nos minutos finais, Magrão assustou a todos soltando a bola no peito de Ewerton Páscoa que não aproveitou a chance. Enquanto isso, nos contra-ataques, faltava pontaria ao ataque rubro-negro que acabou comemorando o empate e a classificação à final do Estadual, no qual irá enfrentar o Salgueiro.

FICHA DE JOGO

Campeonato Pernambucano - Semifinal - Jogo de volta (ida: Sport 3x2 Náutico)

Local: Arena de Pernambuco

Náutico: Tiago Cardoso; David, Tiago Alves, Ewerton Páscoa e Manoel; Darlan, Giovanni (Giva) e Marco Antônio (Alison); Erick, Dudu (Maylson) e Anselmo. Técnico: Milton Cruz.

Sport: Magrão; Samuel Xavier (Raul Prata), Durval, Matheus Ferraz e Mena; Fabrício, Rithely (Rodrigo), Ronaldo e Diego Souza; Rogério e André (Reinaldo Lenis). Técnico: Ney Franco.

Arbitragem: Anderson Daronco

Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse / Emerson Augusto de Carvalho

Gols: Giovanni (NAU) / Matheus Ferraz (SPT)

Cartões amarelos: Ewerton Páscoa e Maylson (NAU) / Samuel Xavier e Rithely (SPT)

Cartões vermelhos: Ewerton Páscoa (NAU)

Público: 19.541 pagantes

Renda: R$ 283.440,00

 

Fonte: Site Leia Já

Comentários

Outras notícias