Black Friday Ubannet

17/04/2017 às 23h30m - Atualizado em 22/04/2017 às 10h58m

Timbaúba: Moradores de Sapucaia pedem a prefeitura que seja feita a reposição das lâmpadas dos postes

A maioria das reclamações é em relação a Estrada de Sapucaia, conhecida também como Rua do Açude.

escurido 

Moradores do Bairro de Sapucaia entraram em contanto com o site Timbaúba Agora e informaram que várias ruas da comunidade estão as escuras. Os populares pedem a Prefeitura de Timbaúba que seja feita a reposição das lâmpadas dos postes o mais rápido possível.

Grande parte da reclamação foi para Estrada de Sapucaia, conhecida também como Rua do Açude. "A escuridão na Rua do Açude é muito grande. Aquele local é muito movimentado a noite e os assaltos são constantes. Os bandidos aproveitam a facilidade por conta da escuridão e praticam crimes. Vivemos em clima de insegurança", relatou um morador que não quis se identificar.

As pessoas da comunidade que precisam trafegar pelas ruas a noite para voltar do trabalho ou ir para faculdade, por exemplo, estão vivendo com medo. Muitos moradores também que precisam sair para o trabalho antes do sol nascer estão temerosos. Os moradores estão revoltados com essa situação, pois está criando um clima de insegurança. Ao mesmo tempo, eles também fazem um apelo a Polícia Militar para que realizem mais rondas pela comunidade, principalmente à noite.

A contribuição para o custeio do serviço de iluminação pública, conhecida por alguns como CIP, a famigerada taxa de iluminação pública, "contribuição" que o cidadão obrigatoriamente paga mensalmente, e mesmo assim não tem o serviço prestado, pois a maioria das ruas estão as escuras. Essa taxa tem inequívoca natureza tributária.

Mediante a assinatura de um convênio entre a prefeitura e a concessionária distribuidora de energia elétrica, Celpe (Companhia Energética de Pernambuco), os valores arrecadados são transferidos mensalmente ao município, entidade responsável pela aplicação dos recursos repassados oriundos da arrecadação. Logo, a responsabilidade sobre os equipamentos de iluminação pública das cidades pernambucanas passaram para as prefeituras em junho de 2015. O acordo de transferência dos ativos de iluminação, que tira da Celpe a missão de trocar e reparar lâmpadas e postes, foi assinado pelos prefeitos em assembleia na Amupe.

Denuncie

Se a rua onde você mora ou a praça estão no escuro, reclame pontos de luz à prefeitura. À Celpe, cabe apenas trocar a estrutura do poste caso ele tenha sido destruído em um acidente de trânsito, por exemplo.

Se a lâmpada queimou ou se a população quer uma de potência maior, é a prefeitura quem tem que fazer essa manutenção. A iluminação é diretamente ligada à questão da segurança. Ficar na escuridão cria um clima de insegurança, pois favorece a ação de bandidos. Ainda é perigoso para a locomoção de pessoas e veículos, já que facilita a ocorrência de acidentes.

Você também pode enviar denúncias ou informações pelo WhatsApp: (81) 9 9445-1863.

 

Comentários

Outras notícias