Black Friday Ubannet

14/04/2019 às 08h58m

Procissão de Ramos marca início das celebrações da Semana Santa

Nesta data, fiéis saem às ruas em procissão com ramos de palmeiras nas mãos para relembrar a chegada de Jesus à cidade de Jerusalém, dias antes de ser morto e crucificado. 

p_20180325_205713

Neste domingo (14), a Igreja Católica celebra o Domingo de Ramos, dia que marca o início das vivências da Semana Santa em todo o mundo. Nesta data, fiéis saem às ruas em procissão com ramos de palmeiras nas mãos para relembrar a chegada de Jesus à cidade de Jerusalém, dias antes de ser morto e crucificado. 

“O nome Domingo de Ramos faz referência aos ramos de oliveiras e palmeiras que as pessoas tinham em mãos e colocavam no chão para a passagem de Cristo, que estava montado em um jumento em sua chegada a Jerusalém. Enquanto Jesus entrava na cidade, o povo gritava ‘Hosana ao filho de Davi’”, explica o monsenhor Albérico Bezerra, vigário episcopal de Olinda. Segundo ele, Jesus foi a Jerusalém festejar o período da Páscoa, quando os judeus comemoravam a libertação dos escravos do Egito.

Para a Igreja Católica, o período que antecede a Semana Santa, principal festa do ano litúrgico, é conhecido como Quaresma e simboliza os 40 dias que Jesus passou no deserto jejuando. Segundo monsenhor Albérico, esta é uma fase de reflexão e renúncias. “O período do jejum serve que a gente se abstenha dos pecados e pense mais no próximo. Ele faz parte do que a Igreja considera como os três remédios para a remissão, que são o jejum, a esmola e a oração. É um período para melhorarmos a convivência com os irmãos, pensando no bem de todos”, explica.

A Semana Santa é encerrada no Domingo de Páscoa, quando é celebrada a vitória de Jesus sobre a morte, sua ressurreição. 

Comentários

Outras notícias