Black Friday Ubannet

12/04/2019 às 15h24m - Atualizado em 12/04/2019 às 17h34m

Em vídeo, deputado Antônio Moraes fala sobre o seu empenho para recuperação de rodovias da Mata Norte e fechamento da agência da Receita Federal de Timbaúba

Na Alepe, o parlamentar apresentou proposição com o intuito de mostrar as autoridades fazendárias os danos causados aos timbaubenses com o fechamento da unidade da Receita Federal

antonio_moraes_1

Em vídeo divulgado em suas redes sociais, o deputado estadual Antônio Moraes (PP), informou que esteve com governador Paulo Câmara e na pauta as péssimas condições das rodovias estaduais existentes na Mata Norte, principalmente as PEs, 082, 075 e 089. Ele ouviu do chefe do Executivo pernambucano que em breve retomará as obras de recuperação na PE-082.

Segundo o parlamentar, nos trechos entre Ferreiros passando por Camutanga até Ibiranga (Serrinha), distrito do município de Itambé, na divisa com o vizinho Estado da Paraíba, as obras já foram licitadas e serão reiniciadas. Pois a importante rodovia está totalmente destruída e causando grandes prejuízos aos que por ali transitam.

O parlamentar também disse que está empenhado para que o Governo do Estado faça a licitação e ordene a recuperação da PE-075, entre Itambé e Goiana, e a PE-089, de Timbaúba até o entroncamento em Limoeiro, no Agreste.

Sobre a unidade da Receita Federal em Timbaúba

Preocupado com o fechamento da agência da Receita Federal em Timbaúba, Mata Norte de Pernambuco, o deputado Antônio Morares (PP), apresentou na Assembleia Legislativa de Pernambuco – Alepe na última terça-feira (9), a Indicação Nº 000786/2019, com o intuito de levar ao conhecimento do Secretário Especial da Receita Federal do Brasil, Dr. Marcos Cintra Cavalcanti de Albuquerque, os danos causados com esta desativação.

Na proposição apresentada, o parlamentar apelou também ao governador do Estado, Paulo Câmara, e aos secretários estaduais, Décio Padilha (Fazenda) e Arthur Bruno de Oliveira Schwambach (Desenvolvimento Econômico), para que a unidade de atendimento retome as suas atividades, pois trouxe prejuízos incalculáveis ao comércio e a população de Timbaúba e municípios vizinhos.

Em sua justificativa, o deputado lembrou que, “...apesar de alguns serviços serem prestados de forma online, a localidade não possui, em sua maioria, satisfatórias condições econômicas, logo o acesso à internet certamente se torna restrito, o que prejudica mais ainda. Assim, não há dúvida do trabalho respeitável e, sobretudo, necessário exercido pela Agência da Receita Federal que atuava em Timbaúba.”

Continuou o parlamentar, “Atualmente, a população precisa se dirigir para outra cidade que possua uma unidade de atendimento, o que gera custo financeiro e supressão de tempo.”

Confira o vídeo:

Comentários

Outras notícias