Black Friday Ubannet

11/04/2019 às 09h54m - Atualizado em 11/04/2019 às 18h54m

Tragédia no Ceará: pai mata filha com tiro de espingarda e se suicida

Menina de 9 anos de idade levou disparo de 12 na cabeça. A princípio, teria sido acidental, mas polícia de Russas acredita que foi de propósito

pai_mata_filha_e_se_suicida

A Delegacia de Russas, no Ceará, instaurou inquérito para investigar as circunstâncias de uma tragédia familiar ocorrida no dia anterior no Sítio Carvão, no município situado a 163 quilômetros de Fortaleza. O professor e membro do Conselho Municipal da Criança e da Adolescência, Raimundo André de Oliveira, 46 anos, foi encontrado enforcado em casa, ao lado do corpo da filha, Rayanna Pascoal de Oliveira, de 9 anos.

A primeira linha de investigação era de assassinato acidental seguido de suicídio. O que teria ocorrido é que Raimundo André estava limpando uma espingarda calibre 12 e a arma disparou, atingindo a cabeça de Rayanna, que teve morte instantânea. Ao ver o corpo inerte da filha, encostada em uma pequena mureta, com massa encefálica exposta, o professor teria se desesperado, enforcando-se ao lado dela.

Mas a história mudou depois que os peritos estudaram o local da cena, a delegada regional de Polícia Civil de Russas, Viviane Almeida, disse que o caso foi de um homicídio seguido de suicídio, sem possibilidade de tiro acidental.

Após perder a mãe, há oito meses, o professor passou a dizer que iria matar a esposa e as duas filhas e depois se suicidar. Ninguém estava mais em casa na hora das mortes.

A esposa e os parentes serão chamados para esclarecimentos. A arma foi apreendida e será submetida a perícia. Os corpos de pai e filha foram liberados pela polícia forense e sepultados ainda na terça-feira.

Do OP9

Comentários

Outras notícias