Black Friday Ubannet

10/04/2017 às 09h36m

Mulher morre após cesariana e família denuncia negligência médica

Três dias depois de ser internada em um hospital particular do Recife para ter sua terceira filha, a professora Deborah Alves faleceu por infecção generalizada

O corpo da professora Deborah Alves foi sepultado na tarde deste domingo (09) no Cemitério Parque das Floress, em Tejipió, na Zona Oeste do Recife, sob clima de forte comoção.

A gestante de 28 anos morreu no sábado (08) três dias depois de ser internada no Hospital Vasco Lucena, no bairro da Boa Vista, no Centro da capital, para ter a terceira filha.

A família denuncia negligência da equipe médica já que o instituto de medicina legal revelou que a morte ocorreu por infecção generalizada após cirurgia cesariana.

 O caso será investigado tanto pela polícia quanto pelo Conselho Regional de Medicina.

Déborah deixou marido, e três filhos. Uma recém ­nascida, um menino de 4 anos e uma menina de 1 ano e meio.

NOTA DO HOSPITAL

Por meio de nota, a direção do Hospital Vasco Lucena lamentou a morte da professora e disse que já está apurando o caso. Confira a resposta da unidade de saúde, na íntegra:

"Lamentamos a perda de Déborah Alves e nos solidarizamos com a dor imensurável da família. Somos uma instituição que trabalha, continuamente, para salvar vidas. Por isso, dispomos de todos os recursos técnicos e humanos para promover a vida e a saúde.

Nenhum procedimento foi negado e foi disponibilizado tudo que foi solicitado. Todos os profissionais médicos, que acompanharam Débora, tinham a formação adequada, eram qualificados e experientes para atendê-la, em todos os momentos.

A empresa já está apurando, com toda seriedade e atenção, todos os procedimentos médicos adotados. Se identificadas falhas, as medidas necessárias serão tomadas".

Comentários

Outras notícias