Black Friday Ubannet

07/04/2019 às 10h03m - Atualizado em 07/04/2019 às 10h23m

Com problemas financeiros, ex-presidente Lula completa um ano de prisão neste domingo

Na quarta-feira (3), um leilão de fotos foi realizado para arrecadar fundos para o Instituto Lula e a capitalizar a defesa do petista

lula_
Com informações da Folha de S. Paulo 

Com finanças deterioradas, Lula completa um ano de prisão neste domingo (7). Para arrecadar verba para pagar dívidas e capitalizar a defesa do ex-presidente, o Instituto Lula promoveu um leilão de 50 lotes de fotos do petista nessa quarta-feira (3).

A venda das fotos rendeu cerca R$ 624 mil e o instituto usará boa parte do dinheiro para pagar uma dívida que tem com a Lils Palestras, empresa que pertence ao ex-presidente e que tem custeado a sua defesa.

Segundo advogados de Lula, falta dinheiro para custear os deslocamentos do petista, que responde a processos em Curitiba, Brasília e São Paulo, e também para a contratação de pareceristas. Recentemente, pareceres para o ex-presidente foram feitos de graça pelos juristas Lenio Streck e Geraldo Prado.

Bloqueio

O ex-presidente teve mais de R$ 600 mil de contas bancárias e aproximadamente R$ 9 milhões que estavam depositados em dois planos de previdência privada bloqueados pelo ex-juiz federal e então responsável pela Operação Lava Jato, Sergio Moro. Foram apreendidos quatro imóveis e dois veículos de Lula.

Desligamento de funcionários

De acordo com o presidente do Instituto Lula, Paulo Okamoto, foi preciso demitir funcionários do Instituto Lula. Ele afirmou que houve cortes de funcionários da faxina, manutenção e também na direção do instituto.

Funcionários que exerciam cargos remunerados na direção foram desligados e hoje só atuam esporadicamente e de maneira voluntária.

Comentários

Outras notícias