Black Friday Ubannet

01/04/2014 às 16h32m

Prêmio da música pernambucana homenageia Lia de Itamaracá

Cerimônia dessa segunda-feira premiou artistas como Nena Queiroga e Orquestra Contemporânea de Olinda

A quinta edição do Prêmio da Música de Pernambuco levou ao Cinema São Luiz, na noite desta segunda-feira, músicos que fazem parte da história do estado. Com apresentação de Sérgio Dionísio e Fabiana (Pimentinha do Nordeste), o organizador George Luis fez homenagens a artistas locais. Lia de Itamaracá foi muito aplaudida ao ser chamada ao palco. A rainha da ciranda se emocionou ao agradecer o público e ainda cantou um dos seus sucessos. “Eu estou muito emocionada e feliz por estar aqui”, comemorou.

O show começou com as entregas dos prêmios na categoria Reggae (com os vencedores Semente Yeshua, pelo voto popular, e Caravana do Reggae, pelo voto dos críticos), Programa de Televisão (que ficou com Causos e Cantos, da TV Globo) e CD romântico (no voto popular quem levou foi Nil Ribeiro e os críticos votaram em Fabiano Santini). Nena Queiroga (voto popular) e Almir Rouche (voto dos críticos) ficaram com o prêmio de melhor CD de frevo. Ao agradecer, a cantora dedicou o trófeu ao homenageado da festa, Nonô Germano, pelos seus 80 anos, e à sua mãe, Mêves Gama.

“Tudo que eu ganhar através do frevo eu vou dedicar aos dois”, declarou. Quem ficou com o melhor disco de samba foram os artistas Aline do Cavaco (voto popular) e Belo Xis (pela crítica). Sérgio Ferraz levou o trófeu de CD instrumental, eleito o melhor, pelo público e pelos críticos. Tony Belo também foi elogiado pelos dois segmentos e levou o trófeu de melhor disco gospel. O CD de cultura popular ficou com Chá de Zabumba (voto pop.) e os críticos votaram na Orquestra Contemporânea de Olinda.

Já o melhor programa de rádio cultural foi o Forró, verso e viola e o prêmio de melhor DVD ficou com Fredy e Mary (pop.) e Geraldinho Lins (críticos). Mosaico Cultural Regional de Olinda (pop.) e Pernambuco canta para o mundo (críticos) foram eleitos os melhores trabalhos de coletânia.

Com informações do Diario de Pernambuco
Foto: Edvaldo Rodrigues/DP/D.A Press

Comentários

Outras notícias