Black Friday Ubannet

21/03/2018 às 14h35m - Atualizado em 21/03/2018 às 15h33m

Adolescente desaparecida teria ido ao Rio conhecer namorado

Segundo a Polícia, Alana e o fotógrafo mantinham um relacionamento há quatro meses e ainda não se conheciam pessoalmente

desaparecida-alana_barretoInformações: JC Online
 
As últimas informações divulgadas pela Polícia Civil de Pernambuco sobre o desaparecimento de Alana Sá Barreto, de 17 anos, são de que a jovem teria fugido para o Rio de Janeiro. As últimas imagens em que a menina aparece, mostra que ela desembarcou no último domingo (18) - dia em que a família da adolescente prestou queixa na Delegacia de Polícia da Criança e do Adolescente (DPCA) - no Aeroporto Internacional Tom Jobim Galeão.
 
A Polícia trabalha em cima da versão de que Alana teria ido se encontrar com o namorado que conheceu na internet, de 20 anos, com quem se relacionava há quatro meses. Segundo conta o fotografo, ela teria ido ao Rio para conhecê-lo e tentar carreira musical.
 
Em conversa com a Polícia Civil de Pernambuco, o namorado disse não saber que Alana teria ido ao Rio de Janeiro sem consentimento da família e, quando viu a repercussão do caso, a aconselhou a retornar para o Recife. A menina recusou alegando que não teria condições e ele continuou pressionando. Ao chegar na faculdade com a garota, no dia seguinte, Alana disse que ia para o banheiro. Após um tempo, ele notou que ela não voltou para a sala. Procurou a jovem e não encontrou mais. Este teria sido o último contato dele com Alana.

Namorado não é considerado suspeito

O delegado Darlson Macedo, gestor do DPCA, explica que, até então, o namorado da adolescente desaparecida não é considerado suspeito: "Ele está colaborando, atende todas as vezes que entramos em contato. Avisamos que a Polícia Civil do Rio de Janeiro ia procurá-lo e ele aceitou tranquilamente. Disse ainda que deixaria a polícia entrar na casa dele para fazer a investigação e deixou o WhatsApp disponível para que possamos entrar em contato".

Os últimos passos de Alana antes do desaparecimento no domingo (18)

Na segunda-feira (19) foram iniciadas as diligências para refazer os últimos passos e descobrir o paradeiro da adolescente. O delegado Darlson explica que o caso foi registrado no último domingo na Central de Plantões do Recife e, por se tratar de uma adolescente, levado ao DPCA. A família de Alana registrou um boletim de ocorrência dizendo que a deixou no Shopping, já que a jovem iria encontrar uma amiga na praça de alimentação. Desde então, não conseguiram mais contato.

Com imagens das câmeras de segurança, a Polícia Civil que Alana ingressou sozinha, na saída do Shopping em que foi deixada, em um carro. "Ela entrou de maneira voluntária, sem nenhuma coação aparente. Sentou no banco da frente com uma mochila, como se fosse uma ação premeditada", detalhou o delegado. A Infraero confirmou que ela embarcou em um voo da Latam, às 16h30, com destino ao Rio de Janeiro. A lei nacional autoriza adolescente viajar em território nacional sem a autorização dos pais. Alana desembarcou no Rio por volta de 19h30.

"Estamos tentando descobrir as razões que levaram a adolescente a, aparentemente, fugir de casa e descobrir onde ela está para verificar se há, por trás dessa fuga, algum crime", concluiu do delegado.

 

Comentários

Outras notícias