Black Friday Ubannet

15/03/2014 às 06h57m

Dona de casa levada pelo rio Tejipió em Recife, continua desaparecida após intenso dia de busca

Bombeiros e Emlurb contaram com equipe de mergulhadores e cinco caminhões de remoção, mas não obtiveram sucesso; atividades devem recomeçar no sábado

A principal dificuldade vista pelo Corpo de Bombeiros que atuava no local, era o excesso de lixo

Continuam as buscas pelo corpo da dona de casa Luciana Marcelino da Fonseca, 39 anos. Ela foi vista pela última vez durante a cheia que transbordou o Rio Tejipió, bairro do Totó, estava com o filho de 1 ano e 4 meses que foi salvo por dois moradores da área. O corpo dela foi levado pela correnteza. A principal dificuldade vista pelo Corpo de Bombeiros que atuava no local, era o excesso de lixo.

Os bombeiros contaram com uma equipe composta por cinco militares, sendo três mergulhadores com roupagem especial e varas, para ajudar na busca. A Empresa de Manutenção e Limpeza Urbana (Emlurb) também participou das buscas, com cinco caminhões com capacidade para 12 metros cúbicos cada, incubidos de remover a lama e o lixo, mas, mesmo após nove viagens, realidas até às 17h, Luciana não foi encontrada.

A dona de casa passou 18 anos dentro de uma comunidade de ajuda psicológica. “Ela tem uma deficiência mental moderada. Era percebido uma grande oscilação de humor enquanto estava aqui na casa, saiu em 2011 para constituir família” disse o diretor da Comunidade Emocy Krause, Rogério de Lira Lessa.

Um dos que ajudaram a salvar a criança foi o montador de estrutura industrial, Helielves Eustáquio, 22 anos. Ele estava em casa, quando ouviu gritos de vizinhos pedindo ajuda. "Já fui pulando no rio, a correnteza estava muito forte quando entreguei a criança, fui tentar salvar a mãe. Tentei até perceber que poderia não sobreviver" afirmou o montador.

"Encontramos dificuldade numa área pelo grande acúmulo de lixo, onde existe a possibilidade de encontrar a vítima. A procura irá continuar até onde o trecho permitir, para não colocarmos a nossa equipe em maiores riscos", disse o tenente do Corpo de Bombeiros, Klebson Azevedo. As buscas devem recomeçar na manhã deste sábado.

Com informações da Folha de Pernambuco

Comentários

Outras notícias