Black Friday Ubannet

13/03/2019 às 12h11m - Atualizado em 13/03/2019 às 15h15m

Atiradores invadem escola em São Paulo e abrem fogo contra crianças e funcionários; 10 pessoas são mortas

Outras 23 pessoas ficaram feridas. Os dois atiradores, um menor de 17 anos e um homem de 25, se mataram logo após o ataque.

sao_paulo-ataque_a_tiros_em_escola

As informações: JC Online

Dois jovens, um deles adolescente, mataram oito pessoas e depois se mataram dentro da Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano, na Região Metropolitana de São Paulo, na manhã desta quarta-feira (13), segundo a Polícia Militar do Estado. Até o momento, a PM registrou a morte de cinco alunos, um funcionário do colégio, uma pessoa que passava pela rua no momento dos disparos, além dos dois autores dos disparos, totalizando 10 mortos. Morreu ainda uma vítima levada para hospital. Além disso, há outras 17 pessoas feridas sendo atendidas nos hospitais da cidade.

O coronel Salles, da Polícia Militar, disse que, antes de entrar na escola, os dois atiradores dispararam contra o proprietário de um lava rápido que fica em frente à escola. Neste momento, o homem está passando por cirurgia na Santa Casa de Suzano.

O coronel Salles disse que os atiradores entraram na escola na hora do intervalo. Primeiro, eles atiraram em uma coordenadora pedagógica e em uma supervisora. Depois, se dirigiram ao pátio, onde atingiram alunos de ensino médio. Depois seguiram para um centro de línguas.

Na mochila dos atiradores havia três coquetéis molotov, duas bestas (lança-seta) e um revólver 38. Uma terceira mochila foi encontrada com uma espécie de bomba, de acordo com informações do Major Caruso, subcomandante do 32.º Batalhão com sede em Suzano.

A polícia está fazendo uma varredura na escola porque foram encontrados artefatos com aparência similar a de explosivos. "A preocupação neste momento é desmantelar os artefatos explosivos, prestar socorro às vítimas e atender às famílias", disse o coronel Salles. A área no entorno da escola está isolada por risco de haver explosivos.
 
Identidade dos assassinos

A Polícia de São Paulo informou a identidade dos dois atiradores que abriram fogo na Escola Estadual Raul Brasil em Suzano (SP), matando 8 pessoas. Os dois se mataram depois.

Um deles é Luiz Henrique de Castro, que iria completar 26 anos no sábado. O outro tinha 17 anos e foi identificado pelas iniciais G.T.M.

As identidades das pessoas mortas por eles, porém, somente serão informadas em coletiva de imprensa. 

De acordo com o Censo Escolar de 2017, a escola possui 358 alunos da segunda etapa do fundamental, que vai do 6º ao 9º ano, e 693 estudantes do ensino médio.

 

 

Comentários

Outras notícias