Black Friday Ubannet

13/03/2014 às 17h51m

Servidores do Detran-PE paralisam serviços até o próximo sábado

A ação foi votada em assembleia, onde a categoria aprovou o protesto por unanimidade, rejeitando a proposta do Governo do Estado para as reivindicações de remuneração e condição de trabalho

Os servidores do Detran de Pernambuco decidiram entrar em greve desta quinta-feira (13) até o próximo sábado (15), paralisando todos os serviços prestados pela entidade. A ação foi votada em assembleia, onde a categoria aprovou o protesto por unanimidade, rejeitando a proposta do Governo do Estado para as reivindicações de remuneração e condição de trabalho. Na segunda-feira (17), as atividades da entidade voltam ao normal.

Segundo os servidores em greve, todos os postos do Detran, incluindo a sede, no bairro da Iputinga, ficam inoperantes. Serviços como vistoria, renovação de habilitação, fiscalização e realização de provas estão suspensos. No sábado, os funcionários que trabalham nos postos nos shoppings também cruzam os braços.

A principal reivindicação do sindicato é o aumento do prazo para emissão do Documento de Arrecadação Estadual (DAE) do IPVA para o mês de abril, extrapolando a data limite de 31 de março. Segundo os funcionários, o prazo dado pela Secretaria da Fazeda é muito curto, pois o sistema deste ano não consegue suportar a quantidade de procedimentos realizados.

A diferença em relação ao ano passado é que em 2014, o sistema está recadastrando o endereço dos proprietários de veículos. Como são muitas requisições, o site acaba ficando sobrecarregado, o que causa superlotação nos postos do Detran e muito estresse para um processo simples. A categoria diz que há um déficit de 400 profissionais para realização dos serviços do Detran.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Servidores do Detran de Pernambuco (Sindetranpe), Alexandre Bulhões, a operação Lei Seca será prejudicada pela ausência dos agentes do Detran. Já para o coordenador da operação, o tenente-coronel André Cavalcanti garantiu funcionamento normal durante a greve. "Acabei de me reunir com a gestão do Detran e eles garantiram que o efetivo de agentes que trabalham na operação estão garantidos. Vai ser tudo normal", asseverou Cavalcanti.

O salário-base para servidores do Detran é de R$ 1,7 mil, ao qual são anexadas as gratificações. Bulhões relatou que a categoria havia acertado quatro gratificações com o governo desde 2011, as quais não foram atendidas. "O pagamento de uma gratificação para examinadores que trabalham no pátio de exame foi uma lei estadual criada em 2011 que nunca foi regulada com os servidores. A gratificação para os fiscais da Lei Seca foi regulamentada em 2012, também como lei, mas ainda não vingou", contou o sindicalista.

A gratificação de incentivo adicional, datada de novembro de 2013, segundo Alexandre, também ficou relegada. "Esse incentivo tem o intuito de estimular os servidores a se capacitarem profissionalmente, para trazer melhorias no serviço", explicou. Além dos valores adicionais, os funcionários reivindicam o pagamento de hora extra para os trabalhadores dos postos de shoppings. "O horário do shopping é diferente do experiente do Detran, o que obrigaria a entidade a pagar hora-extra, mas isso não é feito", diz Bulhões.

Com informações do NE10

Comentários

Outras notícias