Black Friday Ubannet

09/03/2017 às 08h57m

Em Pernambuco, 58 mulheres foram assassinadas nos dois primeiros meses de 2017

São 13 casos a mais que os contabilizados pela Secretaria de Defesa Social nos meses de janeiro e fevereiro de 2016 no estado. Delegacia da Mulher do Recife tem 14 mil inquéritos em andamento.

Mulheres vítimas de violência devem denunciar agressores o quanto antes, orienta polícia.

A violência contra as mulheres em Pernambuco aumentou, conforme revelam os dados da Secretaria de Defesa Social (SDS). Durante o ano de 2016, foram contabilizados 50.042 casos de agressão às mulheres no estado, 1.205 casos a mais que o registrado em 2015.

As estatísticas continuam alarmantes em 2017: nos dois primeiros meses deste ano, 58 mulheres foram assassinadas em Pernambuco, o que representa 13 homicídios a mais em comparação com os meses de janeiro e fevereiro de 2016. A polícia orienta que as vítimas devem procurar uma delegacia para fazer a denúncia contra os agressores.

Como denunciar

No Centro Integrado de Operações de Defesa Social (Ciods), 520 mulheres têm o telefone cadastrado. Quando elas ligam para o número 190, os atendentes passam a ocorrência para o comando de área e é emitido um alerta vermelho. Por dia, de 100 a 150 mulheres pedem socorro por esse canal de comunicação. No fim de semana, a média aumenta para 200.

As mulheres vítimas de violência também podem fazer denúncias pelo número 180, que é um Disque-denúncia nacional, ou para a ouvidoria da mulher, no número 0800.2818187. Em ambos os casos, o atendimento é 24 horas.

Do G1 Pernambuco

Comentários

Outras notícias