Black Friday Ubannet

07/03/2018 às 06h32m - Atualizado em 07/03/2018 às 06h35m

Cão de um morador de rua espera há 4 meses na frente de hospital por dono que morreu

Dono do cão foi vítima de homicídio. O animal seguiu a ambulância no dia do resgate até o hospital. Moradora de Novo Horizonte (SP) tentou dar um novo lar, mas ele fugiu e retornou ao local.

sao_paulo-novo_horizonteCrédito G1

A história de fidelidade de um cachorro que espera há quatro meses pelo dono na frente da Santa Casa de Novo Horizonte (SP) tem impressionado funcionários e pacientes do hospital.

Principalmente porque o cão não irá reencontrar seu melhor amigo: um morador de rua vítima de homicídio em uma praça da cidade.

De acordo com o diretor financeiro da Santa Casa, Osvaldo Palota Sobrinho, o animal chegou ao local após o dono, de 59 anos, ser esfaqueado e socorrido.

O cão não tem nome, entretanto, ganhou carinho, água e ração dos funcionários da Santa Casa. Durante toda a espera, nunca tentou entrar no hospital. “Ele é extremamente manso, dócil e quieto”, diz Osvaldo.

No entanto, o cachorro não fica apenas na entrada do hospital. Durante algumas horas do dia, ele sai para passear em busca de mais comida, porém sempre volta, segundo os funcionários.

Postagem feita pela Cristine Sardella que foi ao hospital e se comoveu com a lealdade do cão (Foto: Reprodução/Facebook)O caso também comoveu a advogada Cristine Sardella, que esteve no local e usou as redes sociais para compartilhar o amor que o cão nutre pelo dono. Em entrevista ao G1, ela contou que o animal fica deitado em cima de um tapete bem na frente da recepção. “Ele fica olhando para dentro do hospital, dá impressão que espera o dono.”

Após a postagem de Cristine, houve quem tentasse adotar o animal. A dona de um canil da cidade passou no local e o levou. Ele estava prestes a ganhar um novo lar, mas fugiu do canil e retornou ao hospital. “Inacreditável, mas ele percorreu uma distância de três quilômetros para voltar”, conta Palota Sobrinho.

Fonte: G1

Comentários

Outras notícias