Black Friday Ubannet

02/03/2017 às 08h39m

Sport e Náutico ficam no empate em 1 a 1

André volta a falhar em cobrança e Clássico dos Clássicos termina igual

Erick e Neto Moura fizeram os gols do primeiro Clássico dos Clássicos de 2017

Em um Clássico dos Clássicos esvaziado, com a presença de apenas 3.430 torcedores na Ilha do Retiro, Sport e Náutico ficaram no empate em 1 a 1, pela 5ª rodada do Campeonato Pernambucano. Empate que não mexe na posição dos dois times na classificação do Estadual, mas tem um peso pior para os alvirrubros. Pelo menos em termos de moral. Afinal, enquanto o Timbu atuou com seu time titular, os leoninos atuaram com uma formação reserva.

Pelo lado rubro-negro, quem sai com mais motivos de lamentação foi o atacante André, que desperdiçou a chance da vitória dos donos da casa aos 44 do segundo pênalti, ao perder mais um pênalti (o seu terceiro após o retorno ao Sport). Tiago Cardoso, sempre decisivo contra o Leão, fez a defesa no centro do gol.

No próximo domingo, os dois times voltam a duelar. Dessa vez, na Arena de Pernambuco. E com o Sport com força máxima.

O jogo

Na disputa entre os reservas do Sport e um Náutico titular, mas ainda em busca de identidade com o técnico Milton Cruz, o primeiro tempo do clássico foi de equilíbrio, porém com os alvirrubros um pouco mais perigosos em campo, apesar de terem menor tempo de posse de bola. Com um meio de campo mais experiente, os timbus iniciaram a partida com trocas de passes mais consciente. Tanto que nos 10 primeiros minutos chegaram três vezes com perigo à meta de Agenor. Em uma delas, Giva tentou enganar o árbitro José Woshington ao fazer um gol usando a mão. Levou cartão amarelo de forma justa.

No entanto, não foi a experiência que desequilibraria a partida a favor do Náutico. Melhor jogador da equipe neste início de temporada, o garoto Erick, de 19 anos, começou a aparecer bem no clássico levando vantagem em quase todos os lances em cima do prata da casa rubro-negro, Caio. Após mais uma jogada em cima do lateral leonino, Rodrigo derrubou David dentro da área. Pênalti bem marcado e convertido com categoria por Erick, que mais uma vez mostrou personalidade.

Mais informações no Superesportes

Comentários

Outras notícias