Black Friday Ubannet

01/03/2019 às 04h40m - Atualizado em 01/03/2019 às 10h17m

Megaoperação da Polícia Civil de Pernambuco prende 25 pessoas e apreende 24 armas

Detidos foram autuados pelos crimes de organização criminosa, tráfico de drogas, roubo, homicídio, posse e porte ilegal de arma de fogo e roubos a coletivos

arsenal_1

Vinte e cinco presos. Cinco menores apreendidos. Vinte e quatro armas apreendidas, assim como drogas (como crack e maconha) e dinheiro. Cento e oitenta policiais envolvidos. Esse foi o saldo (até o momento) da Operação Entrudo, uma ação de grande porte desencadeada pela Polícia Civil nesta quinta-feira (28). As investigações tiveram início em janeiro deste ano.

Foram cumpridos mandados em diferentes locais do Recife e Região Metropolitana. Em Camaragibe, uma das prisões mais impressionantes. Felipe Pereira dos Santos, 28 anos, funcionário do Exército, foi preso em casa com um verdadeiro arsenal. Na residência dele, que funcionava como uma espécie de “fábrica”, foram encontradas armas, silenciadores, munições variadas e até fardas do Exército e da Polícia Militar.

“A gente tinha informações dessa pessoa que vendia munições e armas para a prática de crimes. Fomos até lá e achamos esse verdadeiro arsenal. Acredito que encontramos apenas a ponta de um iceberg. Diante de tanto poder de fogo, a gente acredita que vai chegar em outros grupos, em algo bem maior”, afirma a delegada Euricélia Nogueira, que participou da ação desta quinta-feira.

O objetivo da operação é reprimir a atividade criminal no estado. “Os presos são envolvidos com diversas atividades violentas”, explica o delegado Ivaldo Pereira, da Diretoria Integrada Metropolitana. Os presos serão autuados pelos crimes de organização criminosa, tráfico de drogas, roubo, homicídio, posse e porte ilegal de arma de fogo e roubos a coletivos.

Comentários

Outras notícias