Black Friday Ubannet

01/03/2019 às 03h35m - Atualizado em 01/03/2019 às 03h40m

Mandou matar e deixou bilhete: 'Mulher casada tem gosto de sangue'

Crime aconteceu no dia 23 de agosto de 2017 e teria sido motivado por relacionamento extraconjugal. Quatro suspeitos foram presos através da Operação Kýrio

bilhete

Quatro pessoas envolvidas em um homicídio na zona rural de Santa Cecília, no Agreste paraibano, no dia 23 de agosto de 2017, foram presas durante a Operação Kýrio da Polícia Civil. A vítima Antônio Sales, 36 anos, foi executada a tiros por dois homens em uma moto.

Ao lado do corpo, foi encontrado um bilhete escrito a mão com a frase: “É isso que acontece com quem não respeita mulher casada. Fica um aviso, gente. Mulher casada tem gosto de sangue”. No decorrer das investigações, assinaturas foram colhidas através dos depoimentos e repassadas para perícia através de comparação grafotécnica.

Após as comparações da assinatura com o texto escrito no bilhete, Joseildo Sarinho da Silva foi apontado como o principal suspeito de ser o mandante do homicídio. A polícia acredita que o crime tenha sido motivado por vingança em razão de um suposto relacionamento extraconjugal da esposa do suspeito com a vítima.

Jurandir Sarinho da Silva, irmão do suspeito, participou do crime indicando a dupla de executores. Sebastião Antônio de Souza e Emerson Douglas de Souza foram presos por abordar e atirar na vítima.

Comentários

Outras notícias