Black Friday Ubannet

27/02/2015 às 12h22m - Atualizado em 27/02/2015 às 12h26m

DETRAN-PE realiza leilão com mais de 400 veículos

Aberta temporada 2015 de leilões de veículos apreendidos

A Secretaria Estadual das Cidades, por meio do Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (DETRAN-PE), abre, no dia 27 de fevereiro, a temporada 2015 de leilões de veículos apreendidos. O evento acontecerá a partir das 9h da manhã no pátio da empresa Coliseum Leilões, localizada em Vitoria de Santo Antão, às margens da BR 232. A previsão é que, durante o ano, sejam realizados 12 leilões, ou seja, um por mês. O primeiro leilão deste ano vai disponibilizar 459 veículos entre carros e motos. Serão leiloados tanto veículos recuperáveis (aptos a voltar a circular pelas ruas) quanto irrecuperáveis, popularmente conhecidos como sucata. Também é possível participar do leilão, online, acessando o site da empresa Coliseum. A visitação dos veículos pode ser feita nos dias 25 e 26, das 9 às 16h também no pátio da Coliseum.

A realização de leilões, pelo DETRAN-PE, acontece em cumprimento a determinação do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) de que, após 90 dias de apreensão, os veículos não reclamados devem ser leiloados. O Edital, contendo as informações gerais sobre o leilão, a exemplo das normas, documentação exigida e taxas de administração a serem pagas pelos arrematantes, pode ser acessado no site do DETRAN:www.detran.pe.gov.br e também no site da empresa Coliseum. Pode também ser retirado gratuitamente no escritório do Coliseum Leilões em Vitória de Santo Antão.

Despesas do arrematante - O arrematante deverá requerer e pagar pela expedição da 2º via do Certificado de Registro do Veículo (CRV). Cabe a ele também arcar com o valor dos serviços de Baixa do Gravame dentre outras taxas como a de Licenciamento, a de transferência do veículo e a taxa de Emplacamento. O dinheiro arrecadado no leilão é usado para pagar as dívidas dos veículos apreendidos. Quitados os débitos, o resíduo restante – caso haja – volta para o proprietário anterior do veículo.


Texto: Cláudio Eufrausino

Comentários

Outras notícias