Black Friday Ubannet

21/02/2019 às 21h46m - Atualizado em 22/02/2019 às 06h50m

Pernambuco: Carnaval terá segurança reforçada e centros de operações no interior

O governo do Estado vai desembolsar R$ 9,5 milhões, Serão 52.065 postos de trabalho, 40.876 são PMs; 5.754 policiais civis, 5.251 bombeiros e 184 peritos e auxiliares da Policia Científica.

carnaval_2019

Ao todo, 52.065 postos de trabalho das operativas da Secretaria de Defesa Social (SDS) estarão ativados durante a folia

O Governo de Pernambuco, por meio da Secretaria de Defesa Social (SDS), garante para a segurança do Carnaval 2019 um efetivo de 52.065 postos de trabalho ativados em todo o estado. Significa um acréscimo de 12,6% em relação aos profissionais mobilizados para assegurar a tranquilidade dos foliões no ano anterior. Os recursos extra empregados para o período também aumentaram: R$ 9,5 milhões, isto é, meio milhão a mais do que em 2018. O esquema especial de segurança foi divulgado nesta quinta-feira (21/02), em entrevista coletiva com o secretário de Defesa Social, Antonio de Pádua, o secretário executivo Humberto Freire, chefes das operativas e gestores das instituições parceiras.

Dos 52.065 postos de trabalho ativados, 40.876 são ocupados pela Polícia Militar (PMPE), 5.754 pela Polícia Civil (PCPE), 5.251 são de profissionais do Corpo de Bombeiros Militar (CBMPE) e 184 estão destinados à Gerência Geral de Polícia Científica (GGPOC). O reforço começou em 5 de janeiro e se estenderá até 17 de março, quase duas semanas após a Quarta-Feira de Cinzas.

A maior parte dos policiais e bombeiros escalados atuará no Recife, que contará com 17.633 PMs, 3.032 bombeiros militares, 1.905 policiais civis e 136 profissionais da Polícia Científica. Para o Sítio Histórico de Olinda, foram destacados 3.386 policiais militares, 1.040 policiais civis e 713 bombeiros. O restante da Região Metropolitana será coberto por 10.538 PMs e 632 delegados, escrivães e agentes, além de 235 membros do Corpo de Bombeiros Militar.

Somente para o Carnaval, no intervalo compreendido entre a sexta-feira (01/03) e a Quarta de Cinzas (06/03), o total de postos de trabalho ativados será de 37.724, dos quais 27.984 competem à PMPE, 4.917 à PCPE, 4.649 ao Corpo de Bombeiros e 174 à Polícia Científica.

Para as prévias, foram ativados 9.497 postos de trabalho, dos quais 8.311 são desempenhados pela PMPE, 721 pela PCPE, 455 pelo CBMPE e 10 pela Polícia Científica. Já para o período de pós-Carnaval, planejaram-se 4.844 postos de trabalho, sendo 4.581 de policiais militares, 147 de bombeiros militares e 116 de policiais civis.

O secretário de Defesa Social salientou que o efetivo a mais do Carnaval se somará ao policiamento que já é realizado normalmente em Pernambuco. “Esse reforço trata-se de um investimento extra feito pelo Governo do Estado para garantir um Carnaval tranquilo para toda a população e os turistas que vêm nos visitar. Com o aumento do efetivo das polícias em 2017 e 2018, conseguimos fortalecer ainda mais o policiamento, que também permanecerá com as operações ordinárias em todas as cidades de Pernambuco, incluindo aquelas sem programação carnavalesca”, detalhou Antonio de Pádua.

Galo terá dois postos integrados com Juizado do Folião – Somente durante o desfile do Galo da Madrugada, no Sábado de Zé Pereira, 4.429 profissionais estarão atuando na segurança dos foliões, dos quais 3.144 pertencem aos quadros da Polícia Militar de Pernambuco, 974 atuam pelo Corpo de Bombeiros, 257 integram o efetivo da Polícia Civil e 54 são da Polícia Científica. Para atender ao público, serão instalados dois Postos Integrados de Segurança, onde funcionará integrado às operativas da SDS o Juizado do Folião, em uma parceria do Governo do Estado com o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE).

Um dos postos estará instalado no Fórum Thomaz de Aquino, na Avenida Martins de Barros, bairro de Santo Antônio, e o segundo ficará na Estação Central do Metrô, bairro de São José. O Juizado do Folião prestará seu serviço nessas unidades a fim de julgar casos de delitos de menor potencial ofensivo. Aberto apenas no dia do Galo da Madrugada, o serviço estará disponível das 13h às 21h. Além desse serviço, ao lado da Casa Cultura ficará a Ouvidoria Itinerante da SDS, com o intuito de facilitar o acesso do serviço ao cidadão para queixas e denúncias.

Durante todo o percurso da agremiação, estarão espalhados postos de comando, postos de saúde, plataformas da PM e do Corpo de Bombeiros. Equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), Diretoria de Controle Urbano da Prefeitura do Recife (Dircon), Fundação de Cultura da Cidade do Recife (FCCR) e Diretoria do Galo estarão atuando de maneira integrada com as operativas da SDS.

O percurso já foi vistoriado, na última segunda-feira (18/02), pelo Grupo de Trabalho Carnaval da SDS (GT Carnaval) junto com órgãos como Emlurb, Dircon, CTTU, Guarda Municipal, FCCR, Grande Recife Consórcio de Transporte, Compesa, Celpe, Crea e empresas de telecomunicação. As soluções para questões como fiação baixa, buracos, desvio de semáforos e controles de acesso estão sendo providenciadas.

Centros de Comando e Controle descentralizados –Neste ano, além do Centro Integrado de Comando e Controle Regional (CICCR), que funciona no bairro de São José, no Recife, serão ativadas unidades regionais que atuarão de forma integrada nos municípios de Caruaru, no Agreste, e Serra Talhada, no Sertão. Todos funcionarão ininterruptamente das 7h do sábado (1º/03) às 7h da quinta-feira (07/03), com células de inteligência e videomonitoramento 24 horas, concentrando as operativas da SDS e órgãos parceiros, como prefeituras, Poder Judiciário, Metrorec, Polícia Rodoviária Federal, Grande Recife Consórcio, Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH), Secretaria da Mulher, Celpe, Compesa, Central de Regulação de Leitos e Detran-PE.

Os Centros de Comando e Controle contarão com apoio de câmeras de videomonitoramento  espalhadas pelo estado, a fim de auxiliar no trabalho preventivo e ostensivo das forças de segurança. Os polos monitorados serão os do Recife Antigo, Sítio Histórico de Olinda, polos descentralizados da capital, percurso do Galo da Madrugada, Ipojuca (RMR), Caruaru (Agreste) e Petrolina (Sertão).

No Bairro do Recife, próximo ao Marco Zero, também estará operando uma das duas Plataformas de Observação Elevada (POEs) para videomonitoramento. A segunda ficará na PE-15, em Olinda. Dois helicópteros do Grupamento Tático Aéreo (GTA) vão se somar ao policiamento, e dois Centros Integrados de Comando e Controle Móvel (CICCMs) levarão o monitoramento para Paulista, na RMR, e Tamandaré, no Litoral Sul.

Recursos especiais – Durante os cinco dias de Carnaval, além do efetivo nas ruas, os serviços da Secretaria de Defesa Social serão reforçados. Em caso de roubo, perda ou extravio de documentos, o folião poderá fazer o registro da ocorrência na Delegacia Online, por meio dos endereços www.sds.pe.gov.br ou www.policiacivil.pe.gov.br. Ainda de forma online, os pernambucanos e turistas poderão fazer o cadastro no programa Alerta Celular. Ao cadastrar o IMEI do telefone móvel no site www.sds.pe.gov.br, é possível recuperar o aparelho em caso de furto ou roubo, caso o telefone venha a ser encontrado pelas Polícias Civil ou Militar.

Já a Corregedoria Geral da SDS funcionará normalmente em esquema de plantão 24h, na sede da unidade (Avenida Conde da Boa Vista, n° 428, em frente ao Atacado dos Presentes do bairro da Boa Vista), além de manter equipes de fiscalização nas ruas, de maneira descentralizada. Os telefones para denúncias são (81) 3184 2714 e (81) 3184 2756.

Atendimento à Mulher - As operativas da segurança pública também estarão de prontidão para fazer o atendimento especializado às mulheres, incluindo casos de importunação sexual previstos pela Lei nº 13.718/2018, que estipula pena de reclusão de 1 a 5 anos. Em Santo Amaro, a Delegacia da Mulher funcionará 24h, enquanto na Central de Plantões de Olinda haverá um plantão extra da Polícia Civil com prioridade de atendimento à mulher e grupos vulneráveis. O serviço atuará na sede da Secretaria de Direitos Humanos, localizada na Avenida Sigismundo Gonçalves, nº 599, no bairro do Carmo.

“É preciso entender que existe um limite que separa a paquera da importunação sexual. Os policiais estão preparados para autuar em flagrante esses importunadores e encaminhá-los à audiência de custódia”, ressaltou o secretário executivo de Defesa Social do estado, Humberto Freire.

Além disso, delegacias móveis serão instaladas no Marco Zero e no Pátio de São Pedro, assim como durante o Papangu, em Bezerros e no Encontro dos Maracatus em Nazaré da Mata. Também haverá reforço em 24 delegacias de plantões no Recife e Região Metropolitana do Recife, em 20 delegacias de plantões no Agreste e Zona da Mata e mais 20 delegacias do Sertão.

 

Comentários

Outras notícias