Black Friday Ubannet

21/02/2017 às 10h55m

Esposas de policiais e bombeiros protestam contra reajuste em Pernambuco

A manifestação será a partir das 14h, saindo da Praça do Derby pela Avenida Conde da Boa Vista, até o Palácio do Campo das Princesas, sede do governo estadual.

Insatisfeitas com o reajuste dado pelo governo Paulo Câmara (PSB), esposas de policiais e bombeiros militares marcaram um novo protesto para esta quarta-feira (22), no Recife. No Espírito Santo, onde uma onda de violência assustou a população no início do mês, familiares de PMs bloquearam as entradas dos quartéis por uma semana, também em protesto, o que foi usado por eles como justificativa para não sair às ruas.

O protesto no Recife está sendo programado pelas mulheres de policiais ligados à Associação de Cabos e Soldados (ACS). A manifestação será a partir das 14h, saindo da Praça do Derby pela Avenida Conde da Boa Vista, até o Palácio do Campo das Princesas, sede do governo estadual.

Os parentes dos policiais vão pedir a revogação da lei que regulamenta o plano de reajuste, sancionada por Paulo Câmara na semana passada, e melhores condições de trabalho. Além disso, querem a reabertura da mesa de negociação, retirada em dezembro, quando o governador transferiu para os comandos a responsabilidade de negociar, sem as associações.

Outra passeata havia sido realizada por familiares de PMs no dia 3 de janeiro, quando ainda começava a negociação entre a gestão Paulo Câmara e o comando da corporação. Esse protesto foi chamado pelas esposas do presidente da ACS, Albérisson Carlos, e do vice-presidente, Nadelson Leite, que nesse fim de semana foram afastados das suas funções na Polícia Militar pelo secretário de Defesa Social, Ângelo Gioia.

As informações são do blog do Jamildo
Foto: Diego Nigro/JC Imagem

Comentários

Outras notícias