Black Friday Ubannet

20/02/2018 às 09h45m - Atualizado em 20/02/2018 às 10h32m

Três são presos e dois menores apreendidos por tráfico de drogas no Agreste de PE

Prisões ocorreram em Surubim e Limoeiro; Entre os detidos, há um casal de adolescentes

apreensao

A Polícia Civil de Pernambuco prendeu três pessoas e aprendeu dois menores de idade envolvidos com o crime de tráfico de drogas nas cidades de Surubim e Limoeiro, no Agreste do Estado. Com o grupo, os policiais encontraram maconha, cocaína, crack, munições, um computador roubado, uma máquina de choque, relógios e dinheiro.

“Após investigações, abordamos Maria das Dores Silva de Lima, de 37 anos, e Edvaldo José da Fonseca, de 44 anos, na Rodovia PE-90, em Limoeiro, no último sábado (17/02). Eles estavam transportando cinco tabletes de maconha”, detalha o delegado responsável pelo caso, Paulo Gustavo Gondim.

Os policiais seguiram em diligências e foram até a residência de Maria das Dores, localizada no Bairro da Cohab, em Surubim. Na casa, foram encontradas 410 gramas de cocaína, 77 pedras de crack, 41 papelotes de maconha, nove munições de cal. 38 intactas, R$ 420,60 em espécie, cinco relógios, sendo um da marca Rolex, um notebook (produtos de roubo), um punhal e uma máquina de choque.

O delegado disse ainda que o filho de Maria das Dores, J. S. de L, de 17 anos, e a nora dela, J. M. P. da S de 15 anos, também foram detidos por estarem envolvidos com tráfico de drogas. “Também prendemos Maurício Oliveira da Silva, 19 anos, que era outro responsável por fazer o transporte da droga. O grupo era conhecido na cidade por praticar esse crime. Outros dois filhos e o marido de Maria das Dores já estão presos pela mesma prática criminosa”, contou.

Os adultos foram autuados por tráfico de drogas e corrupção de menor e encaminhados para audiência de custódia. Após os procedimentos legais, a mulher foi levada para Colônia Penal Feminina do Recife, e os outros dois para o Presídio Ênio Pessoa Guerra, em Limoeiro. Os adolescentes foram apresentados ao Ministério Público.

Comentários

Outras notícias