Black Friday Ubannet

18/02/2017 às 20h07m

Santa e Sport fazem jogo equilibrado e ficam no 1x1

O resultado mostrou a valentia do time tricolor, que passou todo o segundo tempo com um jogador a menos

Rogério e Victor travaram bom duelo
Do JC Online

Em um jogo marcado pelo equilíbrio e muitos lances ríspidos, sobretudo no primeiro tempo, Santa e Sport ficaram no 1x1, na tarde deste sábado, no Arruda, em jogo válido pela quarta rodada do Campeonato Permambucano. O resultado mostrou a valentia do time tricolor, que passou todo o segundo tempo com um jogador a menos - o atacante André Luiz foi expulso no começo da segunda etapa - e ainda assim buscou o empate com Halef Pitbull. Diego Souza tinha aberto o placar para o Leão, num golaço de perna esquerda, de fora da área.

Com o resultado, o Sport foi a oito pontos e chegou à liderança, mas pode perder a posição para o Salgueiro. Já o Santa foi aos 6 pontos e ocupa a terceira colocação.

TEMPO QUENTE
Nuvens um pouco carregadas sobrevoavam o Arruda, mas lá embaixo a temperatura estava lá em cima. Aos 50 segundos, Jaime segurou Leandro Pereira, que tentou chutar o adversário. O cartão amarelo para o atacante rubro-negro saiu barato. Quando a bola chegava em Everton Felipe, então... Entrada dura de Roberto, David, Elicarlos. Consequência direta das provocações do prata da casa do Sport durante a semana. Na chegada da delegação rubro-negra ao Arruda, pedras e garrafas foram atiradas no ônibus, deixando três vidros quebrados.

A rispidez do jogo terminou com duas consequências. A primeira foi a falta de organização ofensiva dos dois times. Ninguém criava linha de passes e a ligação direta reinou solta. A segunda foi aquela velha estratégia dos árbitros que não querem ver a coisa piorar: parar o jogo a toda hora. Sebastião Rufino Filho marcava falta a cada encontrão dos atletas, como se estivéssemos num jogo de vôlei - onde os jogadores dos dois times não entram em contato - e não de futebol.

O ILUMINADO
Depois de tanta coisa que relegou o futebol a segundo plano, coube a Diego Souza lembrar que o futebol é quem tem que ser o espetáculo. O camisa 87 estava praticamente apagado, engolido pela marcação. Mas a primeira sequência de três passes em progressão e velocidade do Sport tirou seu coelho da cartola. Aos 40 minutos, livrou-se de um adversário e mandou de canhota de fora da área. A bola foi no ângulo direito, sem chance de defesa para Julio Cesar.

No segundo tempo, o Santa tentou pressionar no início, mas parou na infantilidade de André Luís. Ao entrar na área ele tentou simular um pênalti. Como já tinha amarelo, tomou o segundo e foi expulso. Mas foi desse cartão vermelho que nasceu o empate. Primeiro, o Sport sentiu-se senhor absoluto da partida e passou a tocar a bola lentamente até parar aos 14 minutos no cruzamento de Vítor que atravessou a área. Thomás recebeu livre e rolou para Pitbull, na pequena área, mostrar o faro de gol e mandar para as redes.

Empolgado pelo empate, o Tricolor ensaiou uma pressão mas a inferioridade de um atleta falou mais alto e não havia outra estratégia que não fosse se encolher lá atrás e esperar uma brecha para sair no contra-ataque. O mérito maior foi compactar as linhas e impedir que a bola chegasse para André em condições de finalizar. Ao Sport faltou circular a bola mais rápido para quebrar a marcação dos corais. Restou apenas cruzar bolas na área, todas bem rebatidas pela defesa.

FICHA DO JOGO:
Santa Cruz: Julio Cesar; Vítor, Jaime, Bruno Silva e Roberto; Elicarlos (Wellington Cézar), David e Thomás (Thiago Primão); Everton Santos, André Luis, e Pitbull. Técnico: Vinícius Eutrópio.

Sport: Magrão; Samuel Xavier, Ronaldo Alves, Durval e Mansur; Rithely, Ronaldo (Rodrigo) e Diego Souza; Rogério, Everton Felipe (Reinaldo Lenis) e Leandro Pereira (André). Técnico: Daniel Paulista.

Pernambucano (4ª rodada). Local: Arruda, Recife (PE). Árbitro: Sebastião Rufino Filho. Auxiliares: Marlon Rafael Gomes de Oliveira e Bruno Cesar Chaves Vieira. Gols: Diego Souza, aos oito do primeiro; Halef Pitbull, aos 14 do segundo. Cartões amarelos: Thomás, Wellington Cézar, Halef Pitbull, Ronaldo, Rogério e Leandro Pereira. Expulsão: André Luís. Público: 12.408.

Comentários

Outras notícias