Black Friday Ubannet

15/02/2017 às 20h12m - Atualizado em 15/02/2017 às 20h57m

Em Timbaúba, estudante universitário têm que desembolsar 140 Reais mensais para utilizar transportes para a capital

Em entrevista à Rádio Nova Timbaúba FM, a responsável pelos transportes escolares relatou que essa foi a única solução encontrada.

Os estudantes universitários iniciaram há alguns dias mais um período. São veteranos e novatos que buscam uma vida melhor através dos estudos. Mas em Timbaúba, esses jovens que estão realizando o sonho de cursar uma faculdade terão que desembolsar uma quantia relevante para utilizarem os ônibus escolares. Mais uma preocupação, além das mensalidades altíssimas cobradas pelas faculdades.

A Prefeitura de Timbaúba está cobrando uma taxa no valor de R$ 140,00 para que os universitários possam utilizar os transportes escolares (amarelinhos) que foram cedidos pelo Governo Federal. Diariamente centenas de alunos deixam Timbaúba para estudarem em municípios como Carpina, Itambé, Nazaré da Mata, Goiana e Recife, em Pernambuco. E até em João Pessoa, na Paraíba.

O que está deixando os alunos mais revoltados é o fato do atual prefeito Ulisses Felinto, ter os apoiados no ano passado e ser contra essa cobrança de taxa, fato que está dando continuidade nesse início de 2017. O então vereador chegou a convocar uma comissão de alunos para tentar resolver a situação.

Em entrevista ao Programa Plantão de Notícias, da Rádio Nova Timbaúba FM, a diretora de transportes escolares, Gildete, informou que a cobrança dessas taxas foi a solução encontrada para que os universitários continuem estudando em outras cidades. "Em reunião com os estudantes no Colégio Municipal ficou acordado que a prefeitura cederia os ônibus e o motorista. Os alunos arcariam com o combustível'', completou a diretora. Ela ainda frisou que tem 96 alunos que comprovaram que não teriam condições de pagar esse valor e estão utilizando de forma gratuita.

Por: Timbaúba Agora

Comentários

Outras notícias