Black Friday Ubannet

14/02/2018 às 17h57m - Atualizado em 15/02/2018 às 06h58m

Youtuber baleada no litoral do Paraná em discussão de trânsito tem morte cerebral confirmada

Isabelly Cristine Santos, de 14 anos, foi atingida por um tiro na cabeça depois de uma 'fechada' no trânsito; órgãos vão ser doados.

youtuber_morta-parana
Informações do G1

modelo e youtuber Isabelly Cristine Santos, de 14 anos, teve a morte cerebral confirmada na noite de quarta-feira (14), no Hospital Regional do Litoral, em Paranaguá. A informação foi relatada pelo médico Marcelo Sader. O diagnóstico saiu por volta das 22h.

Os órgãos de Isa, como era conhecida, serão doados. De acordo com a Central Estadual de Transplantes, a retirada dos órgãos ocorre nesta quinta (15).

Na madrugada de quarta-feira, a adolescente levou um tiro na cabeça na PR-412, entre os balneários Ipanema e Praia de Leste, em Pontal do Paraná, no litoral do estado.

Suspeitos presos

A PM prendeu dois suspeitos do crime na manhã de quarta em uma casa em Pontal do Paraná. Eles são irmãos e moram em Curitiba.

Os presos, conforme a polícia, não têm antecedentes criminais, e a arma encontrada com eles é registrada.

O caso é investigado pela Delegacia de Pontal do Paraná.

Inicialmente, a Polícia Militar (PM) chegou a dizer que o tiro foi dado depois de uma discussão de trânsito.

Um dos disparos contra o carro atingiu, então, a vítima. A adolescente foi encaminhada em estado grave ao Pronto-Socorro Municipal (PSM) de Praia de Leste, e depois, ao Hospital Regional do Litoral.

Boletim de Ocorrência

No Boletim de Ocorrência final da polícia, consta que, no momento da abordagem dos suspeitos, um deles confessou ser o autor dos disparos e o outro afirmou estar junto quando os tiros foram efetuados.

Everton Vargas, o atirador, afirmou que houve um desentedimento de trânsito e que o motorista do outro carro teria realizado uma manobra brusca. Ao sentir-se ameaçado, efetuou os disparos em direção ao veículo.

Mais tarde, em depoimento, Everton e Cleverson Vargas preferiram ficar em silêncio. O advogado deles disse à RPC que estuda os detalhes do caso e que tudo será explicado com a apuração jurídica dos fatos.

Eles foram autuados em flagrante por homicídio qualificado, segundo a delegada Vanessa Alice.

O tiro

Isa foi baleada um pouco acima do olho esquerdo, por volta das 2h. Ela estava no banco de trás de um veículo branco, junto com a mãe. Na frente, conforme a polícia, estavam um amigo e o pai do amigo.

O pai do amigo é Herbert Luiz de Félix, que dirigia o veículo. Em depoimento à Polícia Civil, ele disse que foi fechado por um carro pouco antes do acidente.

Ele relatou ainda que, logo após a fechada, o carro parou a cerca de 60 metros e que um dos ocupantes do veículo, sem descer do mesmo, efetuou três disparos contra o carro onde estava Isabelly.

Ao G1, o advogado e amigo da família André Tavares falou, ainda na quarta, sobre o que aconteceu.

"A mãe dela contou que outro carro tirou o delas da pista, cortou a frente. Quando elas tentavam fazer o retorno, começaram a disparar do outro carro, que estava a mais ou menos 25 metros. Não sabemos se era motorista ou passageiro", disse

 Protocolo de morto cerebral

No fim da manhã de quarta-feira, o neurologista Marcelo Sader informou que havia dado início ao protocolo de morte cerebral, que envolveu uma bateria de exames antes do diagnóstico final.

Mesmo antes da confirmação, a mãe de Isabelly chegou a usar o Facebook da filha para informar a morte encefálica da jovem.

Isa Top Show

Antes de ser baleada, Isa tinha ido entrevistar o MC Gustta no balneário de Shangri-la, em Pontal do Paraná, e retornava para Paranaguá, onde mora. A entrevista é para o canal dela, o Isa Top Show.

A página de Isa no Youtube tinha mais de 47 mil inscritos e 110 publicações.

Os vídeos, conforme a própria youtuber descrevia no seu perfil, têm entrevistas, atualidades, dicas de beleza e de moda, além de outros assuntos.

 

Comentários

Outras notícias