Black Friday Ubannet

14/02/2016 às 11h02m - Atualizado em 14/02/2016 às 11h05m

Série Leituras apresenta: ILUSÕES

Poema escrito por Lidiane Martins em 2008

ILUSÕES

NÃO SOU DONA DO MEU MUNDO
ESTOU SUJEITA A DOR
VENTOS QUE AQUI PASSARAM
DEIXARAM MARCAS DE UM GRANDE AMOR.

SOFRIMENTO PERTINENTE NO PEITO
UM VAZIO ESQUARTEJANDO MEU SER
MEMBROS FRACOS DE LUTAR TANTO
PARA CONSEGUIR NESTE VAZIO SOBREVIVER

SITUAÇÕES QUE SE REPETEM
POUCO A POUCO ME FAZ LEMBRAR
DE TEMPOS QUE VIVI OUTRORA
DE QUANDO ME PERMITIA SONHAR

ILUSÕES DESPEJADAS EM UM COPO
QUE EU MESMA TIVE QUE BEBER
EMBRIAGADA FICOU EU COM MEU FRACASSO
SEM AO MENOS SABER O QUE FAZER

REFREEI-ME DE PENSAR TANTO
POIS EU TINHA QUE CONTINUAR
USUFRUINDO MINHA LINDA VIDA ÍNFIMA
SE NÃO LOUCA PODERIA FICAR.


Poema escrito por Lidiane Martins em 2008

Comentários

Outras notícias