Black Friday Ubannet

13/02/2017 às 13h07m

Santa Cruz goleia Uniclinic e assume liderança no Nordestão

Tricolor aproveitou a fragilidade do adversário ceanrese, não sofreu riscos na partida e venceu com tranquilidade por 4 a 0 diante da torcida, no Arruda

Ainda sem pontuar na Copa do Nordeste, o Uniclinic veio ao Arruda, neste domingo, com um técnico estreante e uma equipe cheia de reservas. O jogo tinha que ser do Santa Cruz. E assim foi. Após um primeiro tempo ruim, a equipe coral conseguiu se aproveitar da fragilidade do rival e aplicou uma vitória de 4 a 0, com três gols de Halef Pitbull em sua estreia como titular. O novo xodó da torcida coral deu a assinatura do triunfo que garantiu a liderança do Grupo A aos tricolores, que agora soma sete pontos, e leva vantagem sobre o Campinense no saldo de gols. A torcida coral, novamente, voltou a fazer o som dos latidos para comemorar.

Apesar de o jogo parecer fácil antes de começar, o time de Vinícius Eutrópio criou pouco ofensivamente e comprovou que ainda precisa ajustar vários aspectos para evoluir. Um deles foi o ataque. A equipe coral apresentou dificuldade para trocar passes e ainda se movimentou pouco na linha de frente no primeiro tempo. Mesmo assim, a fragilidade do rival permitiu à equipe criar chances de gol. Duas delas foram perdidas por Everton Santos. Já aos 34 minutos do primeiro tempo, o Tricolor conseguiu marcar. Léo Costa, até então apagado, cobrou o escanteio na cabeça de Halef Pitbull, que subiu e mandou sem chances para as redes.

O gol foi um alento para a torcida, que, mais uma vez, latiu na comemoração para celebrar o acerto do camisa 9, novidade do time sendo titular pela primeira vez. Porém, depois de abrir o marcador, o Santa Cruz voltou a mostrar dificuldades em propor o jogo. O cenário pareceu ser ainda pior quando Léo Costa, o principal armador, pediu para sair após sentir uma lesão muscular aos 45 minutos. O substituto foi Thiago Primão, que passou a ocupar a faixa esquerda do campo deslocando Thomás para o centro.

Fonte: Super Esporte/Diario de Pernambuco

Comentários

Outras notícias