Black Friday Ubannet

08/02/2017 às 10h41m - Atualizado em 08/02/2017 às 10h55m

Recife: Polícia pede ajuda para localizar pais de duas crianças deixadas na rua em prévia de carnaval

Meninas aparentam ter 1 ano e 3 anos. Elas foram encontradas sozinhas depois de festa, no domingo (5), em Casa Amarela, na Zona Norte.

Polícia pede ajuda para localizar responsáveis por crianças encontradas após prévia no Recife

O Departamento de Proteção à Criança e Adolescente (DPCA) pede ajuda para localizar os pais ou responsáveis por duas crianças que foram deixadas no meio da rua, no domingo (5), durante o desfile de um bloco de carnaval em Casa Amarela, na Zona Norte do Recife. As meninas, provavelmente irmãs, têm aparentemente 1 ano e 3 anos. São negras e estão acolhidas em um abrigo da Prefeitura do Recife.

De acordo com o gestor do DPCA, Ademir de Oliveira, as crianças estavam sozinhas durante a prévia carnavalesca, realizada no fim da tarde de domingo, perto da feira de Casa Amarela. A pessoa que recolheu as crianças procurou a polícia e solicitou apoio. Segundo informações de testemunhas, as meninas foram vistas, horas antes de ser abandonadas, com uma mulher de aproximadamente 35 anos, que estaria embriagada ou sob efeito de drogas.

Oliveira afirma que se trata de um caso inédito no departamento. “A gente sempre trabalha com pais procurando crianças. Mas estamos com essas meninas e tentamos localizar alguém e não conseguimos. Pior é que ninguém procurou as menores até agora”, afirmou.

O delegado disse que entrou em contato com o Conselho Tutelar da área e pediu apoio a pessoas que trabalham com crianças desaparecidas. “A menina maior não conseguiu informar nada que ajudasse a localizar os parentes”, lamentou o policial.

Segundo ele, as meninas não apresentam sinais de maus-tratos e pareciuam ter se alimentado. “Elas foram para o abrigo e estão sob cuidados. A Justiça já está sabendo do problema e precisamos encontrar algum parente ou responsável, até para saber que medidas serão tomadas”, informou.

O gesto do DPCA avalia a possibilidade de tomar medidas judiciais contra os responsáveis "Podemos ter um caso de abandono de incapaz. Mas isso será depois. Perimeiro, devemos adotar medidas em favor dessas crianças”, comentou.

O delegado pede a quem tiver alguma informação entre em contado com o DPCA, pelos telefones (81) 3184 3593 ou 3184 3578.

Do G1 PE
Foto: Polícia Civil

Comentários

Outras notícias