Black Friday Ubannet

07/02/2015 às 10h46m - Atualizado em 07/02/2015 às 10h51m

Três conselheiros tutelares e uma mulher são assassinados em Poção

Eles estavam em diligência relacionada à guarda de uma criança. Vítimas foram atingidas dentro do carro

Três conselheiros tutelares e uma mulher foram assassinados a tiros na noite desta sexta-feira (6), em Poção, cidade distante 240 quilômetros do Recife, no Agreste de Pernambuco. De acordo com as primeiras investigações da polícia, os três conselheiros tinham ido até Arcoverde, no Sertão, pegar uma criança que vivia com o pai e que, por conta de uma decisão judicial, tinha perdido a guarda do menino para a avó materna da criança. Quando já tinham pegado o menino e estavam entregando-o para avó, foram surpreendidos e assassinados.

O menino foi ferido de raspão. Os três conselheiros e a avó do menino morreram no local.

Diante do ocorrido, uma das suspeitas sobre a autoria da chacina recai no pai do menino, que está foragido.

O governador Paulo Câmara divulgou uma nota sobre o assunto. Confira:

O Governo de Pernambuco, através da Secretaria de Defesa Social, acionou quatro equipes da Polícia Civil para investigar o quádruplo homicídio ocorrido na noite desta sexta-feira (6), no Sítio Cafundó, município de Poção, no Agreste do estado. As equipes, com um delegado cada, são especializadas em investigação de homicídios, e foram acionadas de Caruaru e Belo Jardim para Poção, tão logo o fato chegou ao conhecimento da Polícia.

A força-tarefa é coordenada pelo delegado Erick Lessa, Gestor de Controle Operacional do Interior 1, que engloba o Agreste e Zona da Mata. Mas ainda nesta noite, o diretor do Interior 1, delegado Darley, assumirá o comando da força-tarefa.

O Instituto de Criminalística (IC) e o Instituto Médico Legal (IML) foram acionados. Todo o efetivo da Polícia Militar da região se encontra à disposição da Polícia Civil para eventuais diligências que contribuam para o esclarecimento do caso. A determinação expressa do governador Paulo Câmara é que o crime seja rapidamente elucidado e para isso recomendou todos os esforços do Estado.


Do JC Online
Foto: Blog EncartNotícias

Comentários

Outras notícias