Black Friday Ubannet

05/02/2018 às 22h21m - Atualizado em 06/02/2018 às 08h58m

Prima de Eduardo Campos diz que PSB não tem compromisso ideológico

Buscamos alianças com partidos que aceitem se coligar conosco desde que não tenhamos que flexibilizar nossa linha ideológica e compromissos de transformação da sociedade, disse Marília Arraes.

marilia_arraes

Em busca de consolidar sua candidatura ao governo de Pernambuco pelo PT, a vereadora do Recife Marília Arraes bateu duro no PSB, partido do atual governador Paulo Câmara (PSB) e do seu antecessor, Eduardo Campos, falecido em agosto de 2014, após acidente aéreo em Santos (SP).

"O PSB é um partido que tem facilidade de flexibilizar seu projeto ideologicamente, aliás é um partido que hoje em dia não tem compromisso ideológico nenhum. Estamos buscando alianças dentro do nosso campo político entre partidos que aceitem se coligar conosco desde que não tenhamos que flexibilizar nossa linha ideológica e compromissos de transformação da sociedade da forma como nós acreditamos que deve ser, diferentemente do PSB que pretende fazer, como já fez, um agrupamento de partidos que não tem identidade ideológica entre si, somente com objetivo de se manter no poder", disse a parlamentar, durante abertura dos trabalhos legislativos da Câmara do Recife, na manhã desta quinta-feira (1º).

Segundo Marília, o grupo encabeçado pelos senadores Armando Monteiro (PTB-PE) e Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE) é 'falso e vago'. "Somos candidatura de oposição, é importante ressaltar. Somos um grupo que desde a eleição do atual governador estamos na oposição, então essa nova oposição é algo muito vago e falso em relação ao povo. Temos dois grupos de oposição com linhas ideológicas opostas", comentou.

Pernambuco 247

Comentários

Outras notícias