Black Friday Ubannet

05/02/2018 às 11h20m - Atualizado em 05/02/2018 às 21h40m

27 mil policiais farão a segurança no carnaval, diz SDS

Com a chegada de novos policiais militares, civis e científicos, efetivo terá escalas reforçadas durante a festa

polcia_militar

O Governo de Pernambuco, através da Secretaria de Defesa Social (SDS), colocará nas ruas, em 2018, um reforço de segurança no Carnaval 32% maior do que o de 2017. Ao todo, serão 41.147 postos de trabalho empregados do Sábado de Zé Pereira à Quarta-Feira de Cinzas. O incremento será possível devido à chegada de 1.500 novos policiais militares em 2017 e de 1.214 policiais civis e científicos, que concluíram o curso de formação este mês. Os detalhes do esquema de segurança para o período carnavalesco (10 a 14 de fevereiro) foram divulgados em entrevista coletiva na sede da SDS, nesta quinta-feira (01/02).

Com um acréscimo de 28,5% nos recursos extras destinados à segurança no Carnaval, em comparação com 2017, Pernambuco conseguiu um aumento significativo no número de postos de trabalho das operativas da SDS para o Carnaval 2018: são R$ 9 milhões destinados ao reforço das escalas e infraestrutura para atendimento ao público. Somente a Polícia Militar preencherá 29 mil desses postos de trabalho. Já a Polícia Civil terá 5.989 lançamentos de delegados, agentes e escrivães, enquanto o Corpo de Bombeiros e a Polícia Científica disponibilizam, respectivamente, 5.017 e 589 postos.

O secretário de Defesa Social do Estado, Antonio de Pádua (foto), reforça que as forças de segurança do Estado dedicarão todos os seus esforços para garantir a tranquilidade da população pernambucana e dos visitantes, sempre em conjunto com os municípios e outras instituições envolvidas. “Teremos um Centro de Operações do Carnaval, onde todas as operativas e os órgãos parceiros trabalharão juntos, trocando informações e atuando de maneira integrada, com o intuito de fazer da festa de 2018 uma das mais seguras dos últimos tempos. Para isso, investimos em pessoal, com os novos PMs, policiais civis e científicos, ao mesmo tempo em que incrementamos as patrulhas e o aparato tecnológico das nossas operativas”, ressalta o titular da SDS.

O Centro Integrado de Comando e Controle Regional (CICCR) funcionará ininterruptamente das 18h da sexta-feira véspera de Carnaval (09/02) até as 18h da Quarta-feira de Cinzas (14/02), no bairro de São José, próximo à Casa da Cultura (Avenida Rio Capibaribe, nº 147). Com células de inteligência e videomonitoramento 24 horas, o CICCR concentrará as operativas e órgãos parceiros durante todo o Carnaval. A colaboração se dará com Prefeituras do Recife e de Olinda, Poder Judiciário, Metrorec, Polícia Rodoviária Federal, Grande Recife Consórcio, Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH), Celpe, Compesa, Central de Regulação de Leitos, Detran-PE e Secretaria da Mulher de Pernambuco.

MONITORAMENTO – Estarão espalhadas câmeras de videomonitoramento pelo Estado, a fim de auxiliar no trabalho preventivo e ostensivo das forças de segurança. Os polos monitorados serão os do Recife Antigo, Sítio Histórico de Olinda, polos descentralizados da capital, percurso do Galo da Madrugada, Ipojuca (RMR), Caruaru (Agreste) e Petrolina (Sertão).

No Bairro do Recife, próximo ao Marco Zero, também estará instalada uma das duas Plataformas de Observação Elevada (POEs) para videomonitoramento. A segunda ficará na entrada da Praça do Carmo, no Sítio Histórico de Olinda. Dois helicópteros do Grupamento Tático Aéreo (GTA) reforçarão o policiamento. E dois Centros Integrados de Comando e Controle Móvel (CICCMs) levarão o monitoramento para Paulista, na RMR, e Tamandaré, no Litoral Sul.

GALO – Somente no Galo da Madrugada, maior agremiação a desfilar no Carnaval de Pernambuco, 5.047 policiais e bombeiros participa do esquema de segurança. Um aumento de 18% em relação ao efetivo do Carnaval 2017. Este ano, serão 3.662 PMs, 835 bombeiros militares, 492 policiais civis, além de 58 servidores da Polícia Científica ao longo de todo o percurso do bloco.

Os policiais militares e bombeiros estarão nas ruas, em plataformas elevadas, em viaturas e a pé. Postos avançados estão montados nos dois Juizados do Folião (Estação Central do Metrô e Fórum Thomaz de Aquino), que contam com efetivo da Polícia Civil e da Polícia Científica no atendimento às ocorrências. A Ouvidoria da SDS também funcionará durante o desfile do Galo, próximo à Casa da Cultura, como também a Corregedoria da SDS, que funcionará 24 horas na Avenida Conde da Boa Vista.

Comentários

Outras notícias