Black Friday Ubannet

04/02/2016 às 08h55m - Atualizado em 04/02/2016 às 09h18m

Recife: Incêndio de grandes proporções atinge comunidade Vila Santa Luzia, na Torre

Ainda não há informação exata de quantas famílias residem no local, mas estima-se que cerca de 500 famílias vivem na comunidade.

INCÊNDIO - Quatro viaturas dos Bombeiros foram utilizadas para controlar as chamas, mas a equipe encontrou dificuldades para entrar na comunidade, por conta do difícil acesso. Em uma das moradias, que ficam as margens do Rio Capibaribe, um botijão de gás teria entrado em combustão e o fogo teria atingido o barraco, por conta dos ventos, o fogo se alastrou rapidamente. As causas do acidente ainda são incertas e só após o trabalho da perícia que será possível a confirmação das causas do incêndio

Ainda não há informação exata de quantas famílias residem no local, mas estima-se que cerca de 500 famílias vivem na comunidade.

Os moradores tentaram, a todo custo, salvar seus pertences. Segundo o líder comunitário Emílio, que concedeu entrevista à Rádio Jornal, muito morador não tem para onde ir. “O destino agora vai ser para liberar algumas coisas, tentar salvar e amenizar alguma situação. Tem gente que perdeu documento”, lamentou.

Ele comentou ainda que tentou realizar a regulamentação das moradias junto a Empresa de Urbanização do Recife (URB) tentar regularizar as moradias. “Faz sete anos que a gente está aqui dentro lutando para isso. Teve que acontecer um negócio desse agora para movimentar em alguma coisa ”, completou.

Muitos moradores ainda relataram problemas na hora do cadastramento. Eles falam que moradores de outras comunidades estão tentando se cadastrar. "O povo se aproveita da desgraça dos outros", queixou-se uma das moradoras.

Alexando Ribeiro, que mora na comunidade há quatro anos, ainda relatou que perdeu tudo no incêndio. "Queimou tudo, nós perdemos o barraco todinho. Deu tempo de salvar alguns móveis", disse. Ele ainda falou sobre o momento do cadastramento que aconteceu durante a tarde de hoje. "Tá essa agonia porque todo mundo quer fazer o cadastramento. Eu espero que todo mundo consiga fazer", completou.

DOAÇÕES - Roupas, materiais de limpeza e colchões podem ser doados no Instituto de Assistência Social e Cidadania (IASC), no bairro de São José, área central do Recife.

Comentários

Outras notícias