Black Friday Ubannet

02/02/2015 às 16h11m - Atualizado em 02/02/2015 às 21h26m

Pernambuco deve atrair 871 mil turistas no carnaval

Expectativa é a de que turistas que aportarem em Recife, Olinda, Cabo de Santo Agostinho e Porto de Galinhas gastem em torno de R$ 858 milhões, segundo Ministério do Turismo

Carnaval de Pernambuco deve atrair quase 900 mil turistas entre os dias 13 e 18 de fevereiro. Foto: Nando Chiappetta/DP/DA Press

Além de festa, carnaval é negócio. De acordo com o Ministério do Turismo, o mais importante evento do calendário brasileiro deve atrair cerca de 6,8 milhões de turistas, entre os dias 13 e 18 de fevereiro. Em cifras, esse público deve gerar um acréscimo de mais de R$ 6,6 bilhões à economia nacional. Para se ter uma ideia, o faturamento do período chega a representar 3% do total gerado anualmente pela indústria de viagens e turismo no país. Um dos principais responsáveis pelo feito é Pernambuco. Estima-se que o estado receba 871 mil visitantes no carnaval.

Além de Recife e Olinda, polos festivos, os municípios de Cabo de Santo Agostinho e Ipojuca, no Litoral Sul, contribuem para esse fluxo de turistas. O Ministério do Turismo acredita que o impacto econômico local da festa será de R$ 858 milhões. Já o gasto per capita no estado deve ficar em torno de R$ 985, durante o período. O número é maior do que o registrado em 2014, quando estiveram nessas cidades 850 mil turistas e os gastos ficaram em R$ 787 milhões.

Dois estados aparecem na frente de Pernambuco no ranking do número de visitantes durante o carnaval. O Rio de Janeiro é o campeão: deve atrair 1,3 milhão de turistas. Em segundo lugar, vem São Paulo. Sem tradição carnavalesca, desponta por ser a maior cidade brasileira, chamariz de turistas estrangeiros. A estimativa é de que 989 mil pessoas aportem por lá. O estado da Bahia, por sua vez, que rivaliza com Pernambuco o centro das atenções no Nordeste, deve receber 707 mil pessoas. Ainda de acordo com a expectativa do Ministério do Turismo, o gasto médio do turista durante o carnaval será de cerca de R$ 984,76 este ano.


Com informações do Diário de Pernambuco

Comentários

Outras notícias