Black Friday Ubannet

01/02/2019 às 02h24m - Atualizado em 01/02/2019 às 08h58m

Tribunal de Justiça de Pernambuco decreta prisão preventiva de mulher que agrediu os quatro filhos

Suspeita de 22 anos será encaminhada para exames de corpo de delito no Instituto de Medicina Legal (IML) e , depois, seguirá para a Colônia Penal Feminina do Recife, na Iputinga

agressora_dos_filhos

O Tribunal de Justiça de Pernambuco decretou no fim da tarde desta quinta-feira (31) a prisão preventiva da mulher de 22 anos suspeita de espancar os os quatro filhos no bairro de Campo Grande, na Zona Norte do Recife. De acordo com a Polícia Civil, ela será encaminhada ao IML para realização de exames de corpo de delito e, depois, seguirá para a Colônia Penal Feminina do Recife, na Iputinga.

Leia também: Mãe é investigada após ser filmada agredindo os quatro filhos, com idades entre 8 meses e seis anos, em Recife

Nesta manhã, ela procurou a Central de Flagrantes da Capital por policiais militares do 19º Batalhão da Polícia Militar (BPM), com sede no Pina, após sofrer uma tentativa de linchamento. Ela vivia na comunidade do Bode e foi filmada agredindo e torturando os filhos, incluindo um bebê de apenas oito meses. Depois do crime, a mulher fugiu com o bebê e deixou as outras crianças com a sogra. Há suspeita ainda de que a filha mais velha, que tem seis anos, tenha sofrido abuso sexual por um amigo da família na casa da avó materna.

O conselheiro tutelar contou que conversou com a criança de seis anos e ela pediu “pelo amor de Deus” para não voltar a morar com a mãe. “Eu disse que jamais vamos permitir algo desse tipo”, contou Adriano. O conselheiro tutelar contou que foi difícil conseguir assistir aos vídeos, devido à gravidade das agressões.

Comentários

Outras notícias