Black Friday Ubannet

01/02/2018 às 10h46m - Atualizado em 01/02/2018 às 13h51m

Camutanga classifica Náutico para a segunda fase da Copa do Brasil

No próximo sábado os Alvirrubros enfrentam o Pesqueira no estádio Joaquim Brito, às 20h, pela 5ª rodada do Campeonato Pernambucano.

futebol_-_nautico_na_arenaInformações: Blog do Torcedor

Parecia que o Náutico ia cair pela segunda temporada seguida na primeira fase da Copa do Brasil. Até que aos 36 minutos do segundo tempo o zagueiro Camutanga deu a vaga ao Timbu na segunda fase da taça nacional, ao empatar o jogo em 1×1 com o Cordino, na noite desta quarta-feira (31), no estádio Castelão, em São Luís do Maranhão. O gol do time da casa foi marcado no primeiro tempo por Ullisses, de pênalti.

Com a vaga garantida, o Alvirrubro da Avenida Conselheiro Rosa e Silva segue sua nova maratona de jogos. No sábado (3), a equipe enfrenta o Pesqueira no estádio Joaquim Brito, às 20h (horário do Recife), pela 5ª rodada do Campeonato Pernambucano. Depois recebe o Salgueiro na terça-feira (6), pela mesma competição.

SEM SUSTOS

O jogo entre Cordino e Náutico foi de pouco perigo no primeiro tempo, para ambos os goleiros. Pelo Alvirrubro, o mais perto do gol que a equipe chegou foi aos 10 minutos de partida. Em cobrança de escanteio, Gabriel Araújo levantou a bola pela esquerda na área e o zagueiro Breno Calixto subiu para cabecear, mandando por cima da meta maranhense.

PENALIDADE

Por outro lado, foi o Cordino a balançar as redes nesta etapa. Aos 27 minutos, Camutanga bobeou e perdeu lançamento para Jonas Piupiu, que chutou no travessão. Quando a bola voltou, Kelson se encaminhava para ela eBreno Calixto cometeu pênalti, recebendo cartão amarelo. Ullisses foi para a cobrança. Ele tomou muita distância, bateu de direita no lado esquerdo do goleiro Jefferson, que caiu para o lado oposto, abrindo o placar.

PREOCUPAÇÃO

O segundo tempo começou com uma dor de cabeça para o Náutico. Aos nove minutos, Jefferson sofreu uma falta de ataque. Sentindo muitas dores, o goleiro titular do Náutico precisou ser substituído pelo camisa 12 Bruno. O arqueiro sentiu lesão no músculo posterior da coxa esquerda e saiu carregado para o vestiário. Jefferson foi titular em todos os jogos do Timbu até agora na temporada, sendo três partidas pela Copa do Nordeste, entre classificatória e primeira rodada da fase de grupos, quatro jogos do Campeonato Pernambucano e agora a estreia da Copa do Brasil.

CHEGADA IGUAL

O Alvirrubro teve um lance bem semelhante ao do primeiro tempo para conseguir o gol. Do mesmo jeito, a bola não entrou. Aos 13 minutos, Gabriel Araújo levantou novamente na área. Dessa vez foi Clebinho quem cabeceou para fora, agora do lado da meta do Cordino.

O Timbu até ensaiou uma pressão neste segundo tempo. Com uma cobrança de falta do lado esquerdo da grande área do Cordino, Gabriel Araújo colocou mais uma na área. O meia Wallace Pernambucano foi quem chegou para cabecear, raspando a trave direita do time da casa.
 
CLASSIFICAÇÃO

A insistência da equipe alvirrubra em levantar bolas na área deu resultado aos 36 minutos do segundo tempo. Em mais uma falta próximo à área do Cordino, agora Wallace Pernambucano se encaminhou para a cobrança. Ele mais uma vez colocou a bola no ar e o zagueiro Camutanga subiu sem marcação para empatar o jogo.

No fim do jogo, o time maranhense ainda teve uma falta frontal, mas o goleiro Bruno defendeu, colocando para escanteio. Na cobrança, o camisa 12 alvirrubro mais uma vez afastou o perigo da área e encerrou o jogo com a classificação na segunda fase da Copa do Brasil ao Náutico.

FICHA DA PARTIDA – CORDINO 1 x 1 NÁUTICO

Cordino: Alberto; Michel, Da Silva, Emerson e Renan; Júnior Negrão (Rony), André (Gualberto), Ulisses, Regis Pitbull e Kelson (Alisson); Jonas Piupiu. Técnico: Wemersson de Carvalho

Náutico: Jefferson (Bruno); Thiago Ennes, Breno Calixto, Camutanga e Kevyn; Negretti, Josa (Robinho) e Clebinho; Gabriel Araújo, Wallace Pernambucano e Tharcysio (Daniel Bueno). Técnico: Roberto Fernandes

Copa do Brasil (1ª fase). Local: estádio Castelão, em São Luís (MA). Árbitro:Andrey da Silva e Silva (PA) Assistentes: Márcio Gleidson Correia Dias e Rafael Bastos Cardoso (ambos do Pará) Gols: Ullisses (C), aos 28′ do 1T, e Camutanga (N), aos 36′ do 2T Cartões amarelos: Breno Calixto e Daniel Bueno (N), Jonas Piupiu (C) Público: 272 (pagante: 97) Renda: R$ 1.695

Comentários

Outras notícias