Black Friday Ubannet

30/01/2018 às 19h31m - Atualizado em 31/01/2018 às 19h36m

Menino de três anos morre após ser picado por escorpião em Jaboatão

De acordo com familiares, escorpião estaria no sofá onde o menino assistia televisão

 
escorpiaoDo JC Online
 
Um menino de apenas três anos morreu após ser picado dentro da própria casa por um escorpião, no bairro de Cajueiro Seco, em Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife (RMR). De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (SES), no ano passado, em Pernambuco, foram notificados 13,9 mil acidentes e um óbito por causa de escorpiões.

O acidente aconteceu por volta das 13h da última segunda-feira (29), na comunidade da Vaquejada. Davi Roberto de Almeida tinha três anos e nove meses e assistia televisão, enquanto a mãe fazia a faxina na casa da família. Segundo a tia do menino, Cláudia da Silva, o escorpião estaria no sofá onde a criança estava sentada. De acordo com familiares, a comunidade onde a criança morava tem muitos animais peçonhentos.

"A mãe estava fazendo a faxina e ouviu quando o menino começou a gritar, mas não dava para saber que tinha sido um escorpião. Ela pensou que ele tinha se furado com qualquer outra coisa. Só depois de uma hora é que o dedo começou a ficar roxo e ai ela viu que tinha que correr para o hospital", disse a tia do menino.

A mãe de Davi levou a criança de ônibus até o Hospital Geral de Jaboatão dos Guararapes, no bairro de Engenho Velho. Apesar dos cuidados médicos, o menino não resistiu aos ferimentos e morreu ainda na segunda-feira.

A família da criança denunciou que Devi deveria ter sido encaminhado ao Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (Imip), no bairro dos Coelhos, no Recife, mas que não havia ambulância disponível para o transporte no Hospital Geral de Jaboatão dos Guararapes. 

A reportagem do JC apurou que o corpo do menino foi levado para o Serviço de Verificação de Óbito para investigar a morte da criança. Questionada, a Secretaria de Saúde do município informou que está investigando o caso e aguarda o laudo com o resultado dos exames, que deve sair nesta quarta-feira (31).

O corpo de Davi está sendo velado na manhã desta quarta na comunidade onde o menino morava. O sepultamento deve ser realizado no Cemitério da Muribeca, em Jaboatão dos Guararapes.

Resposta

Em nota, a Secretaria de Saúde do Estado comentou o caso e informou que o transporte da criança, para outra unidade de saúde, não foi feito devido ao seu estado de saúde. Veja a nota na íntegra.

"A Secretaria Estadual de Saúde (SES) informa que foi notificada de um óbito suspeito por picada de escorpião. Trata-se de um garoto de 3 anos, morador de Jaboatão dos Guararapes. O menino chegou ao Hospital Jaboatão Prazeres por volta das 15h da segunda-feira (29.01), apresentando vômito persistente e dores abdominais. Ele recebeu atendimento de imediato e fez exames laboratoriais. Levantada a suspeita da picada do animal peçonhento, foi aplicado o soro antiescorpiônico, além de antibiótico. Apesar dos esforços da equipe da unidade, o paciente foi a óbito por volta das 17h40. É importante ressaltar que devido ao quadro grave e instável, a criança não tinha condições clínicas para ser transferida do Hospital Jaboatão Prazeres. O corpo foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML) para averiguar a causa da morte".

A Secretaria também alertou para os cuidados com o ambiente.

"Importante lembrar que se a população observar presença de escorpiões nas residências, é necessário entrar com contato com a vigilância ambiental municipal e solicitar uma visita ao imóvel".

Ceatox

O Centro de Assistência Toxicológica de Pernambuco (Ceatox) é o orgão responsável por tirar dúvidas e fazer o acompanhamento de casos envolvem acidentes com escorpiões, mas também ingestão de medicamentos e chumbinho. 

Em situações como esta, a população pode entrar em contato com o Centro por meio do 0800.722.6001 (ligação gratuita), 24 horas por dia. A equipe do Centro está apta a auxiliar o público e os profissionais de saúde na condução de casos de acidente por animal peçonhento ou intoxicação exógena.

A Secretaria Estadual de Saúde reforça que idosos ou crianças até 12 anos, considerados do grupo de risco, com suspeita de picada de escorpião devem ser levados imediatamente à uma unidade de saúde. De preferência, uma que possua o soro contra o veneno do animal.

A Secretaria repassou ainda que, na Região Metropolitana, o soro pode ser encontrado no Hospital da Restauração (Recife) e Hospital Jaboatão-Prazeres (Jaboatão dos Guararapes). No interior, no Hospital João Murilo (Vitória de Santo Antão), nos hospitais regionais de Limoeiro, Palmares, Garanhuns, Arcoverde, Afogados da Ingazeira, Serra Talhada, Salgueiro, Ouricuri e Petrolina, além do Hospital Mestre Vitalino, em Caruaru.

Comentários

Outras notícias