Black Friday Ubannet

24/01/2019 às 07h48m - Atualizado em 24/01/2019 às 09h10m

Arquidiocese da Paraíba pode receber nova condenação por casos de abuso sexual

O Tribunal de Justiça da Paraíba apura denúncias de abusos que teriam acontecido em Jacaraú, Litoral Norte do estado

arquidiocese-igreja_catolica

A igreja católica da Paraíba volta a ser alvo da Justiça em denúncias de exploração sexual. Dessa vez o caso está relacionado com padre Adriano José, que morreu em 2015. Ele foi acusado de abusar de pelo menos 20 jovens da cidade de Jacaraú, Litoral Norte do estado.

Dois dos três desembargadores da primeira Câmara Cível do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB) já se manifestaram a favor de aplicar uma multa de R$ 300 mil à Arquidiocese. A ação foi movida pelo Ministério Público Estadual em 2014. Na época, quando as acusações vieram à tona, o padre Adriano chegou a pedir afastamento das funções. Agora, com a morte do religioso, a Arquidiocese da Paraíba foi responsabilizada, porque no entendimento do Procurador Herbert Targino o padre é uma autoridade da Igreja que ocupa cargo de confiança.

Vale salientar que o TJ ainda precisa terminar o julgamento. O voto do juiz Aluizio Bezerra ainda não foi anunciado. Ele pediu mais tempo para analisar o caso.

A arquidiocese da Paraíba informou que só vai se pronunciar sobre esse caso depois que o processo formal for concluído.

Informações: Portal T5

Comentários

Outras notícias