23/01/2015 às 15h23m - Atualizado em 23/01/2015 às 15h56m

Usina Pumaty reabre e já fatura mais de R$ 22 milhões em dois meses

Pumaty já moeu 240 mil toneladas de cana de 1,2 mil fornecedores, produzindo 14 milhões de litros de etanol. O faturamento já chegou na casa dos R$ 22 milhões, gerando mais de R$ 2 milhões somente de

Em pouco mais de dois meses de reabertura, a usina Pumaty, localizada na Zona da Mata Sul pernambucana, já moeu 240 mil toneladas de cana de 1,2 mil fornecedores, produzindo 14 milhões de litros de etanol. O faturamento já chegou na casa dos R$ 22 milhões, gerando mais de R$ 2 milhões somente de ICMS estadual. A volta da unidade industrial foi uma iniciativa de produtores de cana, vinculados à Associação dos Fornecedores de Cana (AFCP) e ao Sindicato dos Cultivadores de Cana.

A experiência chamou a atenção do novo senador, Fernando Bezerra Coelho, que decidiu visitar o parque industrial da usina nesta sexta-feira (23), junto à comitiva de prefeitos da região e representantes do setor canavieiro. A informação é dos presidentes da AFCP, Alexandre Andrade Lima, e do Sindicato dos Cultivadores de Cana do Estado, Gerson Carneiro Leão.

Os expressivos números traduzem o êxito da experiência dos produtores de cana do estado, que se reuniram em uma cooperativa e decidiram reabrir a usina com o apoio dos proprietários da unidade. Os canavieiros tomaram a iniciativa porque muitos deles não tinham para onde escorrer sua cana. Isso aconteceu porque nos últimos cinco anos mais de 10 unidades industriais do setor fecharam em Pernambuco.

“Pumaty inverteu a lógica, e é a primeira a reabrir neste período”, comemora Lima. A usina reabriu em novembro e reaqueceu a economia local de Joaquim Nabuco, cidade onde o parque industrial está instalada, bem como todas as cidades do entorno que tem tradição na cultura canavieira.

Diante do fenômeno, o novo senador Fernando Bezerra Coelho decidiu que vai conhecer de perto a experiência dos canavieiros na Mata Sul. O presidente da AFCP e do Sindicape aproveitarão para reapresentar ao parlamentar o projeto de reabertura de usinas pernambucanas por meio de cooperativa dos produtores de cana.

O setor canavieiro espera do governador Paulo Câmara, que já recebeu o mesmo projeto, o apoio necessário para qualificar o parque fabril de Pumaty, mas também deseja o incentivo governamental para reabrir a usina Cruangi, em Timbaúba, na Zona da Mata Norte.


As informações são da assessoria da Associação dos Fornecedores de Cana (AFCP)

Comentários

Outras notícias