GB Bateiras

22/01/2016 às 05h42m - Atualizado em 22/01/2016 às 08h17m

Seca fecha quatro das seis usinas da Mata Norte

Cruangi foi uma das afetadas pela estiagem, antes dela, fecharam a Santa Teresa, Laranjeiras e a São José. Estão em atividade na região apenas a Olho D’água e a Petribú.

A safra da cana foi uma das vítimas da estiagem agravada pelo fenômeno El Niño. Quatro das seis usinas da Mata Norte de Pernambuco tiveram que parar a moagem antes do previsto em razão da falta de cana devido a seca.

A usina Cruangi foi uma das afetadas pela estiagem, fechando na semana passada. Dois mil postos de trabalho dos 4 mil abertos na cadeia agroindustrial em torno da moagem de Cruangi, foram desligados antecipadamente.

Antes dela, fecharam a Santa Teresa, Laranjeiras e a São José. Estão em atividade na região apenas a Olho D’água e a Petribú. “A usina Cruangi, se não fosse a seca, iria esmagar 500 mil toneladas, mas, com tal cenário, moeu apenas 291 mi toneladas”, diz Alexandre Andrade Lima, presidente da cooperativa de fornecedores de cana que administra a usina Cruangi.


As informações são do blog do Jamildo Melo

Comentários

Outras notícias