GB Bateiras

22/01/2015 às 14h29m - Atualizado em 24/01/2015 às 02h03m

Edilson Silva confirma candidatura à presidência da Assembleia

Embora seja um estreante em mandatos eletivos, Edilson acredita que tem experiência suficiente para concorrer.

Deputado estadual eleito e diplomado para a legislatura que se inicia em fevereiro, Edilson Silva (PSol) anunciou nesta quarta-feira (21) que está oficialmente na disputa pelo cargo máximo na mesa diretora da Assembleia Legislativa de Pernambuco.

“O que pesou foi a possibilidade de Guilherme Uchoa ser um candidato sem um concorrente. Os grupos e os deputados não apresentaram interesse concreto em lançar uma candidatura de oposição”, explica o deputado, que deseja iniciar sua campanha o quanto antes. “A gente precisava de um tempo mínimo para dialogar com a sociedade e achamos que temos um debate político que precisa ser desenvolvido, estabelecer um diálogo positivo com os deputados que votam”, afirma.

Edilson conta que tem se articulado com colegas da casa e garante que sua candidatura tem recebido retorno positivo, tanto da parte de oposicionistas como de deputados da situação. Ele não pretende entrar com uma chapa para os outros seis cargos da mesa. Embora seja um estreante em mandatos eletivos, Edilson acredita que tem experiência suficiente para concorrer. “Eu sou um cidadão político, eu já fui candidato ao governo do estado, eu sei do papel que a gente pode e deve cumprir”, defende o candidato, que demonstra não estar visando apenas uma vitória eleitoral, mas sim política. “A candidatura pode cumprir esse papel. Se a eleição deixar de ser um acerto exclusivamente interno, mas que envolva a sociedade civil organizada, nós já vamos nos sentir muito vitoriosos”, conclui.

Se depender de apoio popular, Edilson Silva pode criar boas expectativas. “Nossa candidatura não é anti-Uchoa. Ele não é causa, mas um sintoma, umaconsequência de uma patologia política que vitima também outras instituições do Estado, como o Tribunal de Contas e o Ministério Público do Estado", esclareceu o parlamentar.


Com informações do Diario de Pernambuco

Comentários

Outras notícias