Black Friday Ubannet

17/01/2018 às 13h48m - Atualizado em 17/01/2018 às 14h07m

Policial militar da reserva mata esposa e comete suicídio em Itamaracá

Segundo moradores da área, o policial militar e a esposa tinham um relacionamento conturbado e a mulher á teria prestado queixa contra o companheiro

arma_diparando_-_arma_-_plcia

Um policial militar da reserva assassinou a esposa e, em seguida, se matou. O caso aconteceu na casa do casal no bairro do Pilar, na Ilha de Itamaracá, na Região Metropolitana do Recife, nesta terça-feira (16).

Josenildo de Barros Silva teria atirado contra sua companheira, identificada como Viviane Maria de Santana, de 38 anos. Segundo moradores da área, os dois viviam junto há cerca de 12 anos.

O delegado Abraão Didier, responsável pelo caso, deu os detalhes do caso. “Era um relacionamento bastante tumultuado, marcado por idas e vindas e, ao que dizem, até um relacionamento violento. Comportamento violento dele e um comportamento de dependência dela”, adiantou o delegado.

Segundo o delegado, a polícia investiga se a vítima já havia prestado queixa contra o marido por agressão.

A arma usada pelo crime foi uma pistola e, como sargento reformado, ele não poderia estar armado com armamento da corporação. O delegado diz que a polícia vai investigar a origem da arma. “A gente vai confirma agora, mas tudo indica que sim”, disse.

Do site da Rádio Jornal

Comentários

Outras notícias