17/01/2015 às 16h25m - Atualizado em 17/01/2015 às 16h29m

Policiais civis ameaçam paralisar atividades durante o Carnaval

Motivo é o valor a ser pago pelas diárias trabalhadas na semana pré e nos dias de Momo

Os policiais civis do Estado ameaçam entrar em greve durante o Carnaval. De acordo com o Sindicato dos Policiais Civis (Sinpol), o motivo da paralisação é o valor a ser pago pelas diárias de horas extras na semana pré-carnavalesca (de R$ 54 para 24 horas trabalhadas) e durante os dias de Momo (de R$ 120 por plantão). Nesta sexta-feira (16), a entidade protocola um pedido de representação para tratar sobre o tema no Ministério Público do Trabalho (MPT), situado no Espinheiro, Zona Norte do Recife.

“É um absurdo esses valores propostos pelo Governo. Essa é a forma como essa gestão trata os policiais”, declarou o presidente do Sinpol, Áureo Cisneiros. Uma Assembleia Geral da categoria ocorre no dia 28 de janeiro, às 18h, na sede da instituição, situada na rua Frei Cassimiro, em Santo Amaro, Área Central do Recife. Lá, os servidores vão deliberar sobre o assunto. “Caso a administração pública não altere a proposta, os policiais podem pararas atividades no período do Carnaval. Muitos já afirmam que não aceitam esses valores irrisórios”, informou o dirigente.


Da Folha PE

Comentários

Outras notícias