Black Friday Ubannet

17/01/2014 às 12h30m - Atualizado em 17/01/2014 às 17h28m

Prefeito de São Vicente Férrer decreta estado de emergência e calamidade pública

Com isso fica autorizada a abertura de crédito extraordinário no valor de quatro milhões e trezentos mil reais para gastar só em janeiro, ex-prefeito Pedoca e a vereadora Silvana Cavalcante, falam aos

Buscando melhores esclarecimentos para os leitores, o Timbaúba Agora ouviu o ex-prefeito Pedro Pereira Guedes (Pedoca), e a líder da oposição vereadora Silvana Cavalcante, sobre esta polêmica travada entre o executivo e o legislativo de São Vicente Férrer a respeito do orçamento para 2014 que foi rejeitado pela bancada oposicionista daquele município.

Dos nove parlamentares da Casa Benigno Moura, cinco formam o grupo de oposição ao prefeito Flávio Regis, logo os oposicionistas estão em número maior que a bancada governista. São eles: Silvana Cavalcante do DEM (que gentilmente nos cedeu esta entrevista), Fernando da Banana (PSD), Josivan (PSD), Paulo Severino de Araújo “Paulinho Chagas” (PSB) e Vicente Ferreira da Silva “Galego Cara Branca” (PSDB).

Decreto do executivo autorizando a aberturara de crédito extraordinário

A vereadora Silvana Cavalcante (DEM), deixou claro que a prefeitura com este decreto do executivo, dispõe de bastante dinheiro para investir nos serviços de saúde, educação, pagamento de pessoal e outros, logo a população tem que cobrar os seus direitos. Explicou também que este crédito extraordinário de quatro milhões e trezentos mil reais é para gastar só em janeiro, ou seja, tem apenas quinze dias para gastar o dinheiro. E nos próximos meses ele entrará com novos decretos com outros valores, e a população tem que ficar de olhos bem abertos, pois dinheiro a prefeitura tem, ele (Flávio Regis), só não trabalha pela população se não quiser. Disse a vereadora.

Veja o depoimento completo no vídeo abaixo.

O ex-prefeito Pedro Pereira Guedes (Pedoca), falou sobre este clima de incertezas que os vicetinos estão passando neste início de 2014, elogiou a atitude tomada pelos cinco parlamentares de oposição. E reafirmou a sua confiança dizendo que a intenção da bancada liderada pela vereadora Silvana, não é de atrapalhar a população do município, e sim de fiscalizar o executivo, garantir que o dinheiro seja bem investido realmente na população, principalmente nos mais carentes. Disse ainda Pedoca, que foi prefeito da cidade em dois mandatos e sempre teve um orçamento apertado para trabalhar, mas sempre teve uma boa relação com a Câmara, apesar de ter a minoria, e lamenta esta situação que os vicentinos estão passando. Lembrou que em 2012, último ano de seu mandato, governou com um orçamento de vinte e cinco milhões de reais, e conseguiu fazer uma boa administração.

Já para 2013, deixou aprovado, trinta e seis milhões, onze milhões a mais. Já para 2014 o atual prefeito aumentou para cinquenta milhões, e não quis negociação, gerando toda essa polêmica na cidade. Dentro da transparência administrativa e o executivo explicando ao legislativo e a população, o ex-prefeito falou que os cinco vereadores votarão quantas vezes for necessário em projetos em favor da população, pois eles são os verdadeiros representantes do povo, os cidadãos de São Vicente Férrer, podem contatar com a bancada oposicionista e também com a sua ajuda para buscar recursos nas esferas estadual e federal, pois mesmo sem mandato, gosta muito da cidade, e quer o bem da população.

Veja o depoimento de Pedoca, ex-prefeito de São Vicente Férrer.

Leia também:

São Vicente Férrer : A polêmica na negociação do valor do crédito especial solicitado pelo prefeito continua na Casa Benigno Moura

http://goo.gl/AOhpr8

São Vicente Férrer: Vereadores de oposição esclarecem com exclusividade polêmica sobre orçamento do município

http://goo.gl/9ixTJl

Comentários

Outras notícias