Black Friday Ubannet

16/01/2018 às 09h27m - Atualizado em 16/01/2018 às 12h25m

Mulher mata vizinha a facadas por causa de vaga de emprego

Outras duas irmãs da vítima, que estavam com ela no momento da discussão, ficaram feridas. Crime aconteceu em Santos, no litoral de São Paulo.

santos-sp_assassinada_por_vizinha

Segundo Rafaela, durante a discussão, o pai de Angélica segurou Érica para que ela ficasse imóvel enquanto a filha esfaqueava a vítima. A faca foi entregue à suspeita pelo próprio marido que, segundo testemunhas, também teve participação no crime. Rafaela foi a única das quatro irmãs que não teve ferimentos e, imediatamente, solicitou o socorro. "A ambulância demorou muito, decidimos não esperar e meus pais levaram elas para o Pronto Socorro de carro", relembra.

Érica deu entrada no Pronto Atendimento Médico (PAM) da Rodoviária já sem vida. Débora Oliveira da Silva, de 32 anos, e Daniele Alves de Oliveira, de 27, foram transferidas para o Hospital Santo Amaro em estado grave. Daniele passou por procedimento cirúrgico e se encontra na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), com ferimentos no pulmão e intestino. Débora está em observação.

Segundo a polícia, logo após a briga, Angélica fugiu do local e não foi mais vista. Os familiares da suspeita foram até a Delegacia Sede de Santos prestar depoimento sobre o caso e, em seguida, foram liberados. "O que queremos, agora, é justiça para todos eles, todos devem pagar. Ela não conseguiria matar a minha irmã e machucar as outras duas sozinha", desabafa Rafaela. A Polícia Civil realiza diligências neste domingo (14) para tentar localizar Angélica.

Fonte: G1

Comentários

Outras notícias