Black Friday Ubannet

15/01/2019 às 11h16m

Francisco Dirceu Barros é empossado no Colégio de Procuradores do MPPE

Durante a cerimônia de posse, Francisco Dirceu Barros disse que o biênio à frente do MPPE é um momento de renovação e de enfrentamento de desafios.

procurador-geral_de_justica_francisco_dirceu_barros

Reeleito no último 4 de janeiro e reconduzido ao cargo pelo governador do Estado, Paulo Câmara, no último 5 de janeiro, Francisco Dirceu Barros tomou posse na tarde desta segunda-feira (14), no Colégio de Procuradores do Ministério Público de Pernambuco. Na ocasião ele assinou o termo de posse, prestando juramento solene aos membros do órgão colegiado. A sessão solene foi fechada à participação de membros e servidores da instituição e contou com a presidência do decano do órgão, Renato Silva Filho. Em fevereiro, haverá outra posse, desta vez com a participação de representantes de entidades e da sociedade civil.

Destacando a experiência profissional e as qualificações do procurador-geral de Justiça reconduzido, o procurador de Justiça membro do Colégio de Procuradores, Valdir Barbosa Júnior, que foi convidado para realizar o discurso saudação a Francisco Dirceu Barros. “Estão postulados ao procurador-geral reconduzido, com respaldo da maioria dos membros dessa instituição, novos desafios a serem enfrentados nos próximos dois anos. Impossível, ainda, continuarmos com o modelo de Colégio preconizado pela Lei Complementar n.º 12/94, pois precisamos aprimorar o diálogo para a construção do Ministério Público do futuro, que seja alicerçado nos princípios republicanos”, disse ele.

Na sequência, o presidente da Associação do Ministério Público (AMPPE), o promotor de Justiça, Marcos Carvalho, defendeu a construção de um MPPE mais forte, resolutivo e participativo na vida do cidadão pernambucano. Ressaltou a confiança dos membros com a recondução do procurador-geral e defendeu a necessidade de construção de novos espaços de diálogo e debate dentro da organização. “Esperamos que essa oportunidade seja bastante profícua e que seja possível realizar todos os compromissos firmados”, destacou ele.

Já empossado, o procurador-geral de Justiça destacou o empenho de toda a equipe do MPPE na implementação de projetos de relevo e que reconduziram o Ministério ao protagonismo no cenário nacional como o democracia plena; a posse de novos membros; o teletrabalho; a implementação de novos canais de diálogo entre membros e servidores; entre outros. “A sociedade pernambucana, ao longo dos dois últimos anos, recebeu um Ministério Público mais forte, com mais democracia, transparente e que se estruturou com mais membros e servidores. Isso, contudo, não pode nos acomodar, recebemos uma votação expressiva que o caminho acertado tomado pela gestão”, disse ele.

Durante a cerimônia de posse, Francisco Dirceu Barros ainda lembrou sua trajetória desde o início de sua carreira como promotor de Justiça do MPPE, em 1999, e disse que o biênio à frente do MPPE é um momento de renovação e de enfrentamento de desafios. “Para 2019 e 2020, vamos inaugurar um novo período. Muito foi feito e muito está para ser feito ainda, pois temos vários projetos para implementar como a estruturação das promotorias, reforço na segurança institucional, investimento na formação dos membros e servidores e se aproximar, ainda mais, da sociedade pernambucana”, finalizou Dirceu Barros.

Perfil - Cearense do Crato, o procurador-geral de Justiça reconduzido é mestre em Direito (Ordem Jurídica Constitucional), tem especialização em Direito Penal, Processo Penal e Direito Eleitoral. Ingressou no Ministério Público de Pernambuco em 30 de setembro de 1999, como promotor de Justiça na Comarca de Exu. Passou como titular ou por cumulação pelos municípios de Correntes, Moreilândia, Ouricuri, Trindade, Bodocó, Panelas, Águas Belas, Lagoa do Ouro, Angelim, Jurema, Bom Conselho e Garanhuns. Atualmente é o 2º promotor de Justiça Criminal de Garanhuns e coordenou a sede das Promotorias de Justiça de Garanhuns.

Comentários

Outras notícias