Black Friday Ubannet

15/01/2014 às 13h24m

Tapumes de obra do Palácio do Campo das Princesas começam a ser retirados

Sede do governo de Pernambuco, na área central do Recife, está em reforma há cerca de um ano e meio

Os recifenses tiveram uma surpresa, nesta terça (14), ao passar pela Praça da Independência, na área central do Recife. Os tapumes que encobriam o Palácio do Campo das Princesas, sede do governo de Pernambuco, foram retirados e mostraram a nova fachada restaurada. A Secretaria de imprensa do governo confirmou que a previsão é de reabertura do prédio até o final deste mês, mas não repassou detalhes.

As obras de restauração do palácio, iniciadas em outubro de 2012, deverão ser concluídas oito meses antes do previsto. A intervenção faz o resgate do traçado original do prédio.

Além da fachada, foram recuperadas portas, janelas, pisos, paredes e forros. Os tapumes, que antes mostravam a linha do tempo do Palácio dos Governadores, foram substituídos por novas proteções, decoradas com ilustrações das dependências e da fachada do prédio.

Para as obras, foram empregados R$ 31 milhões, sendo R$ 19,8 milhões captados por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

Em 1841, o então governador Francisco do Rêgo Barros, futuro Conde da Boa Vista, mandou erguer o Palácio Provincial que a República transformaria depois em Palácio do Estado. A última reforma aconteceu no governo de Estácio Coimbra, em 1930.

O nome de Palácio do Campo das Princesas foi originado após o imperador Dom Pedro II, a imperatriz Teresa Cristina de Bourbon e suas filhas se hospedarem no local para uma temporada em 1859.

Do JC Online

Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem

Comentários

Outras notícias